Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.

Cachorros têm doenças sexualmente transmissíveis?

Sim. Saiba o que fazer para proteger seu bichinho das DSTs.

Por Maria Clara Rossini 16 nov 2021, 19h11

Sim. O amor animal pode resultar em tumor venéreo transmissível (TVT) canino ou em brucelose – só para citar as mais comuns.

O TVT é exatamente o que o nome diz: um câncer cujas células pulam de um animal para o outro. Ele geralmente atinge a região genital externa dos cães, mas pode se espalhar para outros lugares do corpo: pele, olho, linfonodos, região próxima ao ânus, pulmão e sistema nervoso.

A brucelose, por sua vez, é causada pela bactéria Brucella canis. Ela causa inflamação nos órgãos genitais e, em alguns casos, nas cartilagens. Em cadelas grávidas, pode resultar no aborto dos filhotes.

Cuidado: além do rala e rola em si, o TVT pode ser transmitido com uma singela cheirada no traseiro durante um passeio, e a brucelose pega carona em alimentos com facilidade. Por isso, faça exames regulares no seu cão, e fique de olho em onde ele enfia o focinho.

Fonte: Carlos Artur Lopes Leite, professor da Universidade Federal de Lavras

Continua após a publicidade

Publicidade