Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail maria.costa@abril.com.br.

Como a Vênus de Milo perdeu os braços?

Vamos dar uma de João sem braço nessa – mas podemos falar como eles estavam posicionados.

Por Oráculo Atualizado em 1 out 2021, 16h45 - Publicado em 22 dez 2017, 12h24

Vou dar uma de João sem braço: o que houve com os membros superiores da icônica estátua grega é mistério até para este Oráculo – quando foi descoberta na ilha de Milos, em 1820, o estrago já estava feito.

O que se sabe, com base em outras estátuas similares feitas à mesma época, é a posição do braço direito: estendido para baixo, segurando as vestes. Quanto ao esquerdo, a hipótese mais aceita entre historiadores é de que estivesse segurando uma maçã na altura dos olhos.

Se isso pudesse ser confirmado, a estátua representaria Afrodite. Mas isso não é consenso entre historiadores. Há quem especule que ela poderia representar Ártemis, deusa da caça, segurando um arco, ou mesmo Anfitrite, divindade dos mares venerada em Milos.

Ah, e uma curiosidade final: 2,02 m é a altura da Vênus de Milo exposta no Museu do Louvre, em Paris.

Fonte: Disarmed: The Story of the Venus de Milo, de Gregory Curtis; site oficial do Louvre

Pergunta de Ludmylla Fonseca Silva, São Luís, MA

Continua após a publicidade

Publicidade