Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail bruno.vaiano@abril.com.br.

É coerente acreditar em Deus e também em Darwin?

Pergunta de Marcelo Pereira, Ribeirão Preto, SP

Por Oráculo Atualizado em 7 jun 2018, 12h10 - Publicado em 13 out 2015, 19h06

É coerente, ou pelo menos parcialmente coerente, acreditar em Deus e em Darwin ao mesmo tempo?
Marcelo Pereira, Ribeirão Preto, SP

Posto que o antigo refeitório aqui da Editora Abril servia uma sobremesa chamada “minibrigadeirão light”, qualquer coisa pode ser coerente.

Na comunidade científica, o consenso é de que a evolução é autossuficiente, exclui a figura de um criador. No entanto, há uma dissidência que tenta aliar a religião com a Teoria da Evolução.

  • Segundo o professor Eduardo Cruz, do departamento de teologia e ciências da religião da PUC-SP, formado em física experimental pela USP e doutor em teologia pela Universidade de Chicago, não há uma incoerência nas duas correntes: “A explicação darwiniana é bem completa, mas ainda resta tudo a ser dito sobre o sentido da criação. A presença de Deus sugere que há um propósito por detrás e à frente de tudo isso, apenas parcialmente reconhecível pelo homem”.


    Post anterior: A bandeira dos EUA na Lua continua lá até hoje?

    Continua após a publicidade
    Publicidade