Clique e assine com até 75% de desconto
Oráculo Por Blog Pode perguntar que a redação da SUPER responde: oraculo@abril.com.br

O que significa a numeração dos sapatos?

Por Bruno Carbinatto Atualizado em 20 nov 2020, 13h01 - Publicado em 12 nov 2020, 13h06

Depende do país.

No Brasil, a unidade de medida é o ponto francês, que equivale a dois terços de um centímetro. Contando do calcanhar até a ponta do dedão, adiciona-se um ponto na numeração final para cada
0,66 cm de pé. As patas deste Oráculo, por exemplo, são tamanho 44. Esses 44 pontos franceses equivalem a, aproximadamente, 29 cm.

Esse ponto surgiu em Paris no começo do século 19, época em que o recém-criado sistema métrico ganhava espaço na Europa. Não se sabe por que os sapateiros escolheram um valor tão quebrado – a melhor hipótese é que 2/3 de centímetro equivalem a 1/4 de pouce, a polegada francesa usada antes da introdução do metro.

Isso facilitou a adoção do novo sistema por parte dos sapateiros. Na França, a contagem começa no dois negativo, de modo que os sapatos, por lá, são sempre dois números menores que os nossos: o Oráculo precisaria comprar um 46.

A escolha de marcos diferentes para o início da contagem tem a ver com a diferença na largura média dos pés dos habitantes de cada país.

No resto do mundo, a coisa é igualmente confusa. No Reino Unido e em alguns outros países que costumavam ser colônias britânicas, utiliza-se o chamado ponto inglês. A única coisa óbvia nele é o nome, mesmo: o bichinho equivale a um terço de uma polegada – 0,846 cm.

Dá quase um centímetro inteiro. O problema de uma pontuação com saltos tão generosos é que pés grandes demais para um número podem ser pequenos demais para o número seguinte. Por isso, criou-se o meio ponto (0,423 cm). Ele vigora até hoje: existem sapatos 9,5, 10,5, 11,5…

Continua após a publicidade

O marco zero dos britânicos também não fica exatamente na ponta do calcanhar, e sim 4 polegadas acima. A partir daí adiciona-se um ponto (ou meio) até um máximo de 13,5 pontos (8,5 polegadas ou 21,3 centímetros). 

Acha que acabou? Não, não acabou. O tamanho máximo dos sapatos infantis é um novo marco zero, dessa vez para a numeração adulta. Um sapato 37 brasileiro equivale a um número 19,5 na Inglaterra, mas na prática você precisa pedir um 6, porque a contagem recomeça no 13,5. Haja paciência.

Nos EUA, o modelo é parecido com o inglês, mas a contagem masculina começa no 1, e não no 0 – um número 6 britânico equivale a um 7 americano.

A numeração de mulheres é sempre o equivalente masculino mais um. Ou seja, o 6 britânico seria um 8 feminino nos EUA.

Se você achou que realmente não dava mais para piorar, achou errado: países como Nova Zelândia e Austrália misturam a numerção britânica e a americana em suas numerações, conforme o gênero do comprador. 

Nessa confusão, quem se saiu melhor foi o Japão, que usa o modelo mais óbvio de todos: um ponto para cada centímetro de pé. Se você medir seu pé e ele tiver 24 centímetros, você compra um calçado 24. Simples assim. Viva o Japão. Colonizem nossas sapatarias, por favor. 

Fontes: Palterm, Centro Tecnológico do Calçado SENAI-RS, artigo “Une petite histoire des poids et mesures”, de Louis Drevet.

Pergunta de @filipe.olimpio, via Instagram.
Continua após a publicidade
Publicidade