GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Pais sempre têm um filho preferido?

Sim, sempre tem “o” preferido.

Um estudo da Universidade da Califórnia analisou 384 famílias e apontou que 70% das mães preferem um filho. Outra pesquisa, da UCL, de Londres, mostra que os mais velhos costumam ter QI maior – graças a um acompanhamento mais atento na educação – e são até melhor alimentados.

Os motivos para a predileção variam. Pode ser afinidade, projeção de características, condições limitantes – como uma doença, que faz o filho receber mais atenção – ou o fator novidade (talvez o supertrunfo dos mais velhos).

Mas isso é normal e nem tão relevante assim. Os pais não devem se culpar desde que ajam com justiça e equilíbrio para não prejudicar o desenvolvimento dos filhos.

Fonte: Arnaldo Cheixas, terapeuta analítico-comportamental.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s