Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail bruno.vaiano@abril.com.br.

Pernilongos picam pessoas bêbadas?

Picam. A questão é saber se eles são atraídos pelo cheiro de cerveja na pele da pessoa ou pelo gás carbônico que escapa das bolhas do líquido.

Por Bruno Vaiano 27 dez 2019, 15h07

Não só picam como preferem: um estudo realizado no Japão em 2002 com modestos 13 voluntários demonstrou que ingerir uma latinha de cerveja torna um Homo sapiens em média 20% mais suscetível a um pouso de um mosquito. Curioso é que tão pouca gente tenha topado beber de graça.

Outro estudo, que contou com mais voluntários e foi publicado por franceses em 2011, verificou 30% mais picadas após três latas. Os insetos detectam nossa presença com base em vários indicadores, como o gás carbônico expirado pelos pulmões, o calor exalado pelo corpo e o cheiro de moléculas presentes no suor (como o ácido lático).

Ninguém sabe por que o álcool deixa pernilongos ouriçados. Na verdade, sequer sabemos se a culpa é do álcool: há a possibilidade de que a atração por cerveja seja simplesmente um crush acidental pelas bolhas de CO2 que escapam da bebida gasosa. O jeito é testar também com refrigerante, para comparar – fica a ideia, caros biólogos.

Pergunta de Bruno Coelho, Varginha, MG.

Continua após a publicidade
Publicidade