Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail bruno.vaiano@abril.com.br.

Por que as crianças pulam quando estão felizes?

Porque, para elas, pular é mais fácil que falar.

Por Maria Clara Rossini Atualizado em 11 jul 2019, 16h27 - Publicado em 4 jul 2019, 14h11

A resposta não tem segredo: a criança exprime em ações aquilo que ainda é difícil em palavras.

Um adulto possui vocabulário amplo e sabe articular frases complexas – para ele, expressar alegria com a boca é mais eficaz que dar pulinhos e arriscar uma visita ao ortopedista. Já a criança encara o desafio oposto: para ela, é mais simples pular, abanar as mãos e abraçar do que se expressar usando a sua língua natal, que ainda não domina completamente.

  • A relação da criança com o movimento e a mímica aumenta entre os 2 e 3 anos. Antes disso, elas estão mais preocupadas em testar os cinco sentidos – comendo areia, por exemplo.

    Fonte: Filumena Gomes, pediatra do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

    Pergunta de Wítalo Sousa, via Instagram

    Continua após a publicidade
    Publicidade