Clique e assine a partir de 8,90/mês
Oráculo Por Blog Pode perguntar que a redação da SUPER responde: oraculo@abril.com.br

Por que homens coçam tanto o saco?

Por Oráculo - Atualizado em 21 dez 2016, 09h07 - Publicado em 30 set 2013, 17h08

Sou um leitor recente da revista, leio desde janeiro.Estou pensando em assiná-la, pois seu conteúdo é fantástico,uma enxurrada de informações legais, interessantes e algumas muito curiosas.

Queria fazer uma pergunta ao Oráculo e se não puder publicá-la na revista, sem problemas, pois trata-se de uma pergunta um pouco indiscreta. Mas se puderem mesmo assim me responderem por e-mail já ficarei satisfeito.Segue a pergunta:

Sou homossexual assumido e virgem de mulher… Nunca beijei nem transei com mulheres. Queria saber por que a maioria dos heteros, quase 80%, quando estão numa rodinha conversando em pé arrumam um coçação de saco do caralho, parecem até que têm chato. Não venham me dizer que é normal se coçar assim porque não é. Pra mim parece mais um caso de bissexualidade mal resolvida.E você, seu Oráculo sabe-tudo, consegue dar uma resposta plausível para isso?

Obrigado.

Continua após a publicidade

Abraços, Gilmar Oliveira

O SUCESSO DA DEPILAÇÃO MASCULINA

bolas do saco

 

Continua após a publicidade

Em primeiro lugar, obrigado.

Em segundo lugar, assine aqui a revista mais legal do Brasil.

Agora, à resposta plausível: não há, necessariamente, uma única razão para que os homem cocem o saco, Gilmar. Mas Lúcia Pesca, psicóloga e especialista em sexualidade humana, arrisca uma explicação que pode servir para muitos casos: os homens coçam o saco por causa do desconforto que os pelos causam e pela sensibilidade da pele daquela região. Os pelos se movem muito quando o homem caminha e se mexe, graças à flacidez da pele, e isso pode gerar uma sensação desagradável.

The name is Pentelho, Pentelho do Saco.

Continua após a publicidade

Não à toa.

Lúcia é mulher. Ouvimos também um cueca, claro. Segundo Carlos Teodósio Da Ros, urologista do Hospital Conceição, de Porto Alegre, há doenças, como as micoses, que causam coceira nas genitálias. Mas é pouco provável que em um grupo todos os homens comecem a se coçar por possuírem a mesma doença ao mesmo tempo (bem, cada um sabe os amigos que tem).

Além disso, entra em cena o comportamento cultural e o mito que cerca o ato de coçar o saco. Lúcia Pesca explica que a manifestação de se coçar foi rotulada culturalmente como uma forma do homem mostrar que tem um pênis. Sobre sua observação, de que heterossexuais se coçam mais em público que homossexuais, Lúcia arrisca dizer que é uma questão de discrição.

(crédito da imagem: Caucas’)

Publicidade