Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Oráculo Por aquele cara de Delfos Ser supremo detentor de toda a sabedoria. Envie sua pergunta pelo inbox do Instagram ou para o e-mail bruno.vaiano@abril.com.br.

Por que, no Brasil, os juízes interrogam em vez de só julgar?

Pergunta de Patrícia Azevedo, via Facebook

Por Oráculo Atualizado em 9 jan 2018, 16h37 - Publicado em 25 ago 2017, 12h38

Minha prima e eu, cujo conhecimento jurídico vem da TV americana, acompanhamos a Lava Jato e não entendemos por que no Brasil o juiz interroga o suspeito ou acusado. Não deveria ser a polícia ou um promotor?
Patrícia Azevedo, via Facebook

Improcedente.

De modo geral, no interrogatório o reú presta esclarecimentos à Justiça.

Por isso, a Constituição brasileira entende que o juiz deve fazer as perguntas como parte obrigatória do processo.

Nos EUA, a lei é outra: o juiz é um mediador, e quem interroga são a defesa e a promotoria.

Dispensadas.

Fonte: Marcelo Figueiredo, professor de Direito da PUC-SP

Continua após a publicidade
Publicidade