Clique e assine a partir de 5,90/mês
Oráculo Por Blog Pode perguntar que a redação da SUPER responde: oraculo@abril.com.br

Por que quando eu descasco cebola com lente de contato eu não choro?

Por Bruno Carbinatto - Atualizado em 11 mar 2020, 11h39 - Publicado em 23 fev 2020, 15h09

É simples: as lentes de contato servem como uma barreira física para proteger seus olhos.

Quando cortamos cebolas, elas liberam um gás chamado sulfóxido de tiopropanal. Ao entrar em contato com nossos olhos, essa substância encontra moléculas de água e reage com elas (sim, água: nossos olhos são hidratados a todo momento, mesmo quando não choramos). O resultado da reação é um ácido relativamente fraco, mas que irrita nossos globos oculares — isso explica o ardor inicial que sentimos.  A reação imediata do corpo é produzir lágrimas para expulsar a substância nociva dos nossos olhos. E assim vem a choradeira digna de digna de filme de drama em plena cozinha.

Se estamos usando lentes de contato, no entanto, a substância da cebola é barrado por ela e jamais chega a ter contato direto com nossos olhos e, consequentemente, com a água deles. Dessa forma, o ácido não é formado e não há irritação. Funciona da mesma forma com outras barreiras físicas: óculos de natação ou de mergulho por exemplo, que vedam totalmente a região, têm o mesmo efeito.

Mas não se preocupe, há maneiras menos extravagantes de evitar o aguaceiro. Cortar as cebolas ao lado de um ventilador pode ajudar, porque o gás é levado para longe de nosso rosto pelo vento. Outra opção é ir lavando a cebola à medida que a corta — em contato com a água da torneira, o ácido se formará bem longe dos nossos olhos. Por fim, deixar o legume na geladeira antes de levar para a tábua funciona: as menores temperaturas reduzem a velocidade e o volume da liberação do gás nocivo.

Continua após a publicidade
Publicidade