Clique e assine a partir de 8,90/mês
Oráculo Por Blog Pode perguntar que a redação da SUPER responde: oraculo@abril.com.br

Quando uma novela começa, o autor já sabe o final da história?

Por Rafael Battaglia - Atualizado em 24 mar 2020, 10h49 - Publicado em 20 mar 2020, 17h53

Em geral, sim. O planejamento de uma novela começa anos antes de ela ir ao ar. No começo, os autores precisam entregar uma grande sinopse do desenvolvimento da trama. “Esse documento é muitíssimo detalhado, uma verdadeira dissertação”, explica Lígia Prezia Lemos, pesquisadora do Centro de Estudos de Telenovela da Escola e Comunicações e Artes (ECA) da USP.

O projeto passa pelos mais diversos departamentos da emissora como parte do planejamento: financeiro, cenografia, todo mundo recebe o material. Nesse resumão, o começo, o meio e o fim da novela já precisam estar definidos – estabelecer o arco principal é importante para trazer coerência à história e fidelizar o público. “Do contrário, as pessoas deixam de ver sentido na novela, e perdem o interesse por ela”, conta Lígia.

Mas é claro: existe muito espaço para mudanças. As telenovelas brasileiras são obras abertas – ou seja, são bem maleáveis para se adaptarem ao público, às mudanças de elenco ou a outros tipos de interferência, como merchandisings.

Lígia cita como exemplo o vilão Félix, personagem vivido por Mateus Solano na novela Amor à Vida, de 2013. “No começo ele era muito malvado, mas as pessoas foram tão cativadas pelo carisma do personagem que ele acabou ganhando uma redenção”.

As novelas, então, são pensadas desde o início para permitir espaço para mudanças, mas a linha central da trama nunca muda. “O calendário de folhetins da Globo, por exemplo, já está montando 3, 5 anos para frente”. É uma indústria bilionária, com uma estrutura muito bem definida.

Pergunta de @mrlantnio, via Instagram

Continua após a publicidade
Publicidade