Clique e assine a partir de 8,90/mês
Oráculo Por Blog Pode perguntar que a redação da SUPER responde: oraculo@abril.com.br

Um pen drive aumenta de peso quando está armazenando dados?

Por Bruno Vaiano - Atualizado em 2 jul 2020, 10h58 - Publicado em 1 jul 2020, 12h07

Sim. Mas não se preocupe: é tão pouco que você vai continuar conseguindo levantar o pen drive após enchê-lo – mesmo que jamais tenha entrado em uma academia, como é o caso deste Oráculo.

Pen drives guardam arquivos usando um tipo de memória chamado flash. Para representar o número “um” do código binário, ele prende alguns elétrons em um tipo especial de transistor. Para representar o “zero”, ele solta.

Prender os elétrons exige energia: são 10 -15 joules para cada bit de informação (isto é, cada zero ou um). E sabemos que energia e massa são faces da mesma moeda. Por exemplo: um estilingue ganha algumas frações de grama quando está com o elástico puxado, porque existe energia potencial armazenada ali – pronta para se converter na energia cinética usada para arremessar a pedra.

Esse aumento de algumas gramas, nos níveis de energia presentes na nossa rotina, é tão pequeno que na prática pode ser desprezado. Mas se você tentar acelerar uma nave espacial a 80% ou 90% da velocidade da luz, ela se tornará extremamente pesada. De fato, é impossível acelerá-la a 100% velocidade da luz, pois então sua massa se tornaria infinita – e não há energia capaz de tirar uma massa infinita do lugar, porque a inércia também se torna infinita.

Continua após a publicidade

A equação mais famosa de Einstein, e = mc2 diz que, para descobrir qual é a massa de uma certa quantidade de energia, basta dividi-la pela velocidade da luz ao quadrado. Perceba que a equação dá uma noção exata da taxa de conversão entre massa e energia. A velocidade da luz é de 299 milhões de metros por segundo. Ao quadrado, isso dá 84900000000000000. Qualquer valor de energia que você divida por um número tão grande dará uma massa muito pequena.

Assim, um pen drive de 4 GB preenchido metade com zeros e metade com uns fica apenas 2 · 10 -21 grama mais pesado (ou seja, um número com 21 casas decimais após a vírgula). Mil vezes menos massa que um coronavírus.

Pergunta de @llgeovane, via Instagram. 

Publicidade