Clique e assine a partir de 8,90/mês

Ame os seus sapatos!

Por Redação Planeta Sustentável - Atualizado em 21 dez 2016, 10h25 - Publicado em 21 ago 2007, 23h13

Você está andando pela calçada, olhando para o céu, quando, não mais que de repente, plaft! Pisa em um chiclete. Todos os palavrões do mundo cruzam a sua mente nessa hora e fica a pergunta: “por que não jogaram no lixo?” Só que você, alguém totalmente consciente das mazelas que fazem com o meio ambiente, se lembra de que a goma de mascar demora 5 anos para se decompor. Ou seja, jogar chiclete no lixo – ou nas calçadas – não é uma boa idéia. Então, onde jogá-lo?

Uma empresa canadense – criada por duas mães que amam seus sapatos – bolou uma solução bacana para isso: uma lata de lixo exclusiva para essa guloseima (foto) . Cada uma pode armazenar cerca de mil gomas mascadas, que são recolhidas pela empresa para a reciclagem e se transformam em… fertilizantes! E mais: a sacola usada nas latas para guardar o lixo é biodegradável, o que é bom para a natureza.

Na Inglaterra, também há uma empresa semelhante, a Gummy Bins. Só que, em vez de transformar a goma em fertilizante, fabrica forros para pistas de corrida e materiais de construção. A matéria-prima para o chiclete é a mesma borracha usada para fabricar pneus, mas – claro ! – feita por um processo diferente, que resulta em textura e gosto agradáveis ao paladar.

Uma pesquisa feita em 2004, em Toronto, revelou que,  em 350 m2 de extensão de calçada, são encontradas mais de 2 mil marcas de chiclete. Assustador, não? Enquanto esse serviço de reciclagem não chega por aqui, só deixar de jogar a goma na calçada ajuda a tornar o mundo mais sustentável. Mas, se não houver jeito, jogue no asfalto. Com o calor e tração dos pneus, o chiclete se mistura à pavimentação.

Continua após a publicidade
Publicidade