GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Da margem à arte

A arte sustentável não pára. Já falamos aqui do Alexandre Órion (além de termos publicado uma reportagem que saiu da Revista MTV)e do Land Art. Dessa vez, a arte limpa a represa Billings, em São Paulo.

O projeto Imargem acontece no Grajaú, às margens da represa, e pretende ser uma intervenção multidisciplinar que une arte, meio ambiente e convivência. Além disso, o projeto é focado na comunidade, envolvendo moradores e freqüentadores do local.

Os artistas participantes desse programa (como o próprio Órion) recolhem os materiais – diga-se, lixo – que são encontrados na costa e produzem obras de arte, como a da foto acima. Para quem não sabe o que fazer com aquilo, eles organizam oficinas para ensinar a arte sustentável.

E é com essas esculturas e pinturas que o artista Mauro Sergio Neri da Silva vai expor no Centro de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDECA) de Interlagos, em São Paulo, com abertura no próximo dia 8 de setembro, às 16h. As obras ficarão lá até o dia 31 de outubro.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s