Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Google Earth mostra o impacto das barragens hidrelétricas em rios, pessoas e no clima

Por Marina Franco Atualizado em 21 dez 2016, 10h31 - Publicado em 9 dez 2011, 10h52

Toda forma de produção de energia, mesmo que limpa, causa um impacto no meio ambiente, nas pessoas que vivem em seu entorno e na economia. Não é porque a geração a partir do sol, vento ou da água não emite gases do efeito estufa que ela está livre de causar efeitos negativos.

Se você tem muitas dúvidas sobre o tema, eis uma boa notícia! O Google Earth se uniu às organizações International Rivers* e Friends of the Earth* para disseminar mais informações e estimular o debate. A iniciativa oferece simuladores que analisam como as barragens hidrelétricas transformam a lógica do clima, os ecossistemas dos rios e interferem na vida das pessoasprincipalmente as que dependem diretamente dos rios para a sua sobrevivência. Tudo isso relacionado às previsões de mudanças climáticas.

Os arquivos executados pelo programa estão disponíveis para download – você os encontra no final deste post do Google Lat Long Blog. Eles mostram como as transformações do clima afetarão os fluxos dos rios da África, da Amazônia e daqueles alimentados pela geleira do Himalaia. O comprometimento da segurança das barragens previstas nesses locais é apenas um dos problemas. Na Amazônia, os reservatórios de água poderiam, até, causar mais poluição: com o alagamento da floresta, a matéria orgânica perdida se decompõe e emite metano, um dos gases do efeito estufa.

No vídeo abaixo – clique em cc para legendas em português– você pode participar de um tour mundial – com os dados e simulações do Google Earth – pelos principais lugares do mundo onde mais barragens serão construídas. A narração é de Nnimmo Bassey, presidente do Friends of the Earth:

Continua após a publicidade

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=A8JtoednlbY?feature=oembed&w=474&h=267%5D

Essa é apenas uma visão do que se deve levar em conta quando se discute a instalação de novas hidrelétricas, principalmente porque não engloba uma comparação de impactos, custos e eficiência em relação a outras fontes de produção. Perfeito em tempos de polêmicas sobre a construção da hidrelétrica de Belo Monte e de outras tantas que veem por aí. Que bom seria se o Google simulasse os impactos de usinas solares e eólicas, que poderiam complementar – e não substituir – a energia produzida por hidrelétricas, não é mesmo?

*International Rivers
*Friends of the Earth

(Imagem: Reprodução)

Leia também:
Burnout de Belo Monte
Google Earth estimula geração de energia solar
Qual será o impacto ecológico da usina Belo Monte (PA)?
Google Earth mostra os impactos do aquecimento global

Siga o Planeta Sustentável:

Continua após a publicidade
Publicidade