Clique e assine a partir de 8,90/mês

Jardim botânico sustentável aumenta qualidade de vida em Singapura

Por Marina Maciel - Atualizado em 21 dez 2016, 10h31 - Publicado em 17 jan 2014, 08h39

1349495521-5000a3a728ba0d4aa200002e-gardens-by-the-bay-grant-associates-86417-grant-associates-gardens-by-the-bay-robert-such-2012-018-original-1339584607-1000x666

Design, paisagismo, engenharia ousada e o que há de mais moderno em sustentabilidade ambiental. Com tantas qualidades reunidas, a construção do jardim botânico Gardens by the Bay* transformou Singapura na capital botânica mundial. Ao que parece, ser um dos lugares mais bem planejados, seguros e limpos do planeta não era o bastante para o governo da cidade-Estado. Bom para os habitantes!

A missão do projeto, apelidado de “o orgulho de Singapura”, era audaciosa: auxiliar o governo a transformar o lugar em “cidade no jardim”, aumentar a qualidade de vida da população com a criação de mais espaços verdes para lazer e, de quebra, ajudar a reduzir as ilhas de calor da cidade-Estado. A melhor parte: conseguiram.

Com 101 hectares, localizado no Complexo Marina Bay Sands, o parque possui três jardins à beira-mar e um complexo de estufas, que faz uso eficiente dos recursos naturais, principalmente no que se refere ao uso de energia e água.

Continua após a publicidade

Outra atração do lugar é o Supertree Grove, considerado um dos maiores e mais impressionantes jardins verticais do mundo. São 20 árvores artificiais de 50 metros, montadas com painéis de mais de quase 163 mil mudas, de 200 espécies de plantas. Além disso, as estruturas recolhem água da chuva para reaproveitá-la no sistema de água que condiciona as estufas e são equipadas com painéis fotovoltaicos que garantem a iluminação à noite. Um espetáculo de tirar o fôlego.

Com custo estimado de US$ 800 milhões, o Gardens by the Bay é resultado de competição internacional de design e arquitetura, organizada em 2006 pelo National Parks*, que recebeu mais de 70 diferentes projetos, de 170 escritórios de arquitetura e design, de 25 países.

Em 2012, quando foi inaugurado, o empreendimento recebeu o prêmio internacional Building of the Year.

*Gardens by the Bay
*National Parks

Leia também:
Jardim botânico transforma Singapura na capital botânica mundial
Singapura quer virar capital “tecnobotânica” mundial
Árvores artificiais high-techs em Singapura

Publicidade