Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês
Se Conselho Fosse Bom Por Blog Coluna semanal de perguntas práticas, sentimentais e existenciais enviadas por leitores da SUPER. Por Karin Hueck

“Minha namorada quer muito ter filhos e eu não. Preciso terminar com ela?”

Dá para conciliar expectativas de vida tão diferentes?

Por Karin Hueck Atualizado em 17 abr 2018, 17h43 - Publicado em 17 abr 2018, 16h04

Tenho 30 anos e comecei recentemente um relacionamento com uma mulher de 27 anos, estamos muito apaixonados e felizes um com o outro, porém há um grande problema: ela quer muito ter filhos e eu não. Já conversamos sobre o assunto e não conseguimos chegar a uma conclusão, ambos respeitamos a decisão um do outro, mas sem mudar a própria escolha e continuamos o relacionamento com esse grande problema pairando sobre nossas cabeças. Minha questão é: o que é melhor fazer nessa situação? Seguir em frente sabendo que, por mais que seja um ótimo relacionamento, vamos tomar caminhos diferentes em algum momento ou separar antes de criamos uma história juntos e tornar mais doloroso o depois?
– Diferenças irreconciliáveis
– Caro irreconciliável
Que situação complicada. Vocês dois têm direito a suas opiniões – e que ninguém exija que elas sejam mudadas. Acho que a primeira coisa que você precisa fazer é olhar para dentro de você e ver se existe alguma, mesmo que remota, possibilidade de você querer um filho em algum momento da vida. Se não, é hora de falar com ela. Pergunte a mesma coisa para a sua namorada: seria possível ela mudar de ideia? Se não, você já sabe o que fazer. Ter ou não ter filhos é daqueles assuntos que não podem ser ignorados ou ajeitados ao longo do namoro. Infelizmente, vai ser melhor para os dois se vocês partirem para a próxima. Vocês podem até ficar mais um tempo junto, mas esse assunto vai bater à porta. E como é ela a que quer ter filhos, sugiro que você não a prenda por mais tempo.

Publicidade