GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

8 coisas que você não sabe sobre as obras infantis

Você é do tipo que adora saber detalhes da vida de escritores e curiosidades sobre personagens famosos? Então preste atenção neste post: ele reúne 8 fatos bacanas que você provavelmente ainda não tinha ouvido falar sobre o mundo das obras infantis. Tem desde referências mais antigas, como a história de Peter Pan, quanto ícones de gerações mais novinhas, como Harry Potter. Confira a lista e conte pra gente quais curiosidades você descobriu aqui:

8. Harry Potter
Essa nem é tão inusitada, afinal estamos falando de magia e bruxos: o padre Gabriele Amorth, antigo chefe de exorcismo do Vaticano, já anunciou por aí que a obra de J.K. Rowling é uma ode ao demônio. E fica melhor: para ele, a obra é tão diabólica quanto… praticar ioga. “Isso tudo leva ao diabo”, afirmou.

7. George, o Curioso (Curious George)
Se você não convive com crianças pequenas, pode nunca ter ouvido falar do filme e das série de livros e TV “George, o Curioso”. A obra faz um baita sucesso no mundo inteiro. Os responsáveis por tal sucesso são Hans Augusto Rey e Margret Rey: ele ilustra, ela escreve. Em junho de 1940, o casal precisou fugir dos nazistas em Paris usando bicicletas. O manuscrito do primeiro livro estava na bagagem e sobreviveu à fuga.

6. Moranguinho e Ursinhos Carinhosos
Antes de aparecerem em livros, desenhos animados e bonequinhos, a personagem Moranguinho e os carismáticos Ursinhos Carinhosos foram criados apenas para serem usados em cartões. Tipo aquele que era comum enviar para o amigo em período de recuperação depois da cirurgia do siso ou para a tia que não te vê desde que você era um bebezinho.

5. Peter Pan
Essa é boa: em 1929, J.M. Barrie, mais conhecido como o cara que criou o Peter Pan, doou os direitos autorais do personagem para o Hospital Infantil Great Ormond Street, em Londres. O copyright expirou em 2007, mas um acordo permitiu que o hospital continue a receber pelas apresentações do Peter Pan em palcos do Reino Unido.

4. Ziraldo
Durante a ditadura militar, o escritor e jornalista brasileiro Ziraldo realizou um intenso trabalho contra o regime vigente. Ele foi um dos fundadores do jornal “O Pasquim”, por exemplo. Por essas e outras atividades, foi preso e levado para o Forte de Copacabana por ser um ‘elemento perigoso’. Agora, vem um detalhe menos conhecido: em 2008, o autor do clássico “O Menino Maluquinho” foi indenizado com mais de R$ 1 milhão pela Comissão de Anistia do Ministério da Justiça, pelos prejuízos causados por toda essa perseguição política durante a ditadura.

3. Pokémon
Se você ficou ligado nos noticiários em 1997, já sabe que Pokémon não é só um desenho inocente. Naquele ano, 658 crianças japonesas foram parar no hospital depois de um episódio particularmente ‘intenso’ de Pokémon. Ele causou acessos de vômitos, tonturas e até convulsões…

2. Alice no País das Maravilhas (Alice’s Adventures in Wonderland)
Parece brincadeira, mas o livro “Alice no país das maravilhas” foi proibido na província de Hunan, na China, por conter animais agindo no mesmo nível de complexidade que os seres humanos. O censor e general Ho Chien acreditava que isso era uma ofensa à inteligência do homem. “Ursos, leões e outras feras não podem usar a linguagem humana. Atribuir a eles tamanho poder é um insulto à raça humana”, afirmou Ho Chien em 1931.

1. Barney
“Amo você/Você me ama/Somos uma família feliz”. É assim que começa a música mais conhecida daquele famoso dinossauro roxo, o Barney. Você já deve até ter escutado alguma vez. O que você não sabe é que essa é uma das músicas mais usadas em interrogatórios para fazer os prisioneiros de Guantánamo falarem. Então, quer torturar alguém? Mostre o vídeo abaixo:

Via mental_floss

Imagens: Divulgação

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s