Clique e assine a partir de 8,90/mês
Supernovas Por Blog Das maiores galáxias ao interior das células, as descobertas da ciência que vão mudar a sua vida – ou pelo menos te deixar com uma pulga atrás da orelha. Por Bruno Vaiano

Neurocirurgiões implantam com sucesso um crânio feito em impressora 3D

As impressoras 3D há algum tempo vêm sendo utilizadas de várias maneiras, como para montar maquetes e protótipos. Mas dessa vez, o equipamento foi mais do que inovador e contribuiu para a medicina. Um time de neurocirurgiões da Universidade de Utreque, na Holanda, fez uma operação inédita: a parte superior do crânio de uma paciente […]

Por Lucas Baptista - Atualizado em 21 dez 2016, 09h07 - Publicado em 28 mar 2014, 20h55

crânio

As impressoras 3D há algum tempo vêm sendo utilizadas de várias maneiras, como para montar maquetes e protótipos. Mas dessa vez, o equipamento foi mais do que inovador e contribuiu para a medicina.

Um time de neurocirurgiões da Universidade de Utreque, na Holanda, fez uma operação inédita: a parte superior do crânio de uma paciente foi substituída por uma prótese feita numa impressora 3D. A mulher de 22 anos sofria de uma doença crônica óssea que fazia com que a espessura de seu crânio aumentasse de 1,5 cm para 5 cm. Além de reduzir sua visão, o problema lhe causava fortes dores de cabeça.

A cirurgia durou aproximadamente 23 horas. Se não tivesse sido realizada, a paciente poderia sofrer sérios danos cerebrais ou até morrer. “Era apenas uma questão de tempo antes que as funções cerebrais críticas fossem comprometidas”, disse Ben Verweij, neurologista que liderou a operação. “Uma cirurgia de grande porte era inevitável, mas antes da técnica de impressão 3D, não havia tratamento tão eficaz.”, completou.

Continua após a publicidade

O implante é feito de um tipo de plástico e foi preparado sob medida para essa paciente. Desde a operação, que foi realizada há três meses, a jovem recuperou a visão completamente e não tem mais sintomas de dores. Não se sabe se o plástico vai exigir a substituição ou se ele vai durar para sempre.

O cirurgião principal tinha alguma experiência com reconstruções 3D, mas um grande implante como esse nunca havia sido feito. “Você quase não percebe que ela já foi operada”, relata Verwiej em um comunicado oficial da universidade.

O que se espera dessa técnica é que ela possa ser usada em pacientes com outras doenças ósseas ou para reparar crânios danificados após acidentes ou tumores.

Leia também:

Continua após a publicidade

Pai usa impressora 3D para contruir prótese de mão para filho 

Impressora 3D:  você (logo) vai ter uma

A revolução das impressoras 3D

Via Wired

Publicidade