Clique e assine a partir de 8,90/mês
Turma do Fundão Por Blog Grupo de leitores-colaboradores da ME que ajuda a revista sugerindo pautas e alimentando este blog cultural

Dica TdF – Capitão América 2: O Soldado Invernal

Por turma-do-fundao - Atualizado em 4 jul 2018, 20h34 - Publicado em 28 mar 2014, 16h36

Gabriel Garcia
capitao1

Depois de Thor ter dado um salto gigantesco do primeiro para o segundo filme, é a vez do primeiro Vingador se superar. Capitão América 2: O Soldado Invernal, que estreia dia 11/4, é bem superior ao seu antecessor. Se você achou O Primeiro Vingador um tanto chato e com pouca ação, irá se surpreender com a sequência.

Na trama, o Capitão América se mantém trabalhando para S.H.I.E.L.D., até que começa a questionar Nick Fury a respeito de informações que não são transmitidas para ele. A fim de acalmar a situação, Fury apresenta o projeto Insight, que tem como objetivo eliminar grandes ameaças. Antes mesmo de o Capitão poder dar a sua opinião, Nick Fury sofre um atentado a sua vida por alguém conhecido apenas como “Soldado Invernal”, o que dá inicio a toda a trama do filme.

“Depois de Nova York”, como os próprios personagens se referem aos acontecimentos em Os Vingadores, parece que o Capitão América ganhou uma personalidade muito mais semelhante à dos quadrinhos. Steve Rogers está muito mais carismático, imponente e maduro.

As referências aos quadrinhos,  para quem os acompanhou, são muito perceptíveis e bem encaixadas. Além de fazer parceria com a Viúva Negra, o Capitão pula de um avião sem usar paraquedas, o que faz referência à série Ultimate.

Continua após a publicidade

capitao2

Um dos grandes alívios cômicos desse filme é o deslocamento do Capitão na década atual, o que gera boas risadas sem forçar a barra – diferentemente do que aconteceu com Homem de Ferro 3.

A história é bem sólida e interessante, o que te faz querer saber o que está acontecendo a todo o momento. Vários personagens são importantes para enriquecê-la, incluindo figuras do filme anterior como Peggy Carter, Arnim Zola e, acredite, Howard Stark. Mesmo com uma apresentação rápida e direta, o Falcão também é um personagem muito divertido, carismático e interessante. E há referências a outros personagens do universo Marvel, tais como Homem de Ferro e Bruce Banner.

As cenas de ação ficaram fantásticas e emocionantes, capazes de tirar o fôlego em vários momentos. Talvez o maior ponto fraco deste filme seja, mais uma vez, o 3D, que é totalmente desnecessário e, em alguns casos, até prejudica a experiência de assistir o filme. São poucas e banais as cenas em que algo pula na sua cara.

Continua após a publicidade

capitao3

O filme, além de desenvolver o universo de personagens importantes, é divertido e entrega de bônus duas cenas pós-créditos. Ambas, é claro, relacionadas ao futuro da Marvel no cinema. Então, nada de sair correndo da sala!

Com o herói manuseando o seu escudo e fazendo bom uso de seus poderes, Capitão América 2: O Soldado Invernal é um filme que vale o ingresso.

nota4

Publicidade