GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

TdF Entrevista – Marco Ribeiro, dublador

pedro_sobreiro

marco-ribeiro-

Imagem: Fabrizia Granatieri/VEJA

Marco Ribeiro é um dos melhores profissionais de dublagem em atividade. Ficou famoso por dublar personagens como o Xerife Woody de Toy Story 2 e Toy Story 3, além do bilionário Tony Stark em Homem de Ferro e do cômico Máskara.

Dono de uma voz marcante, Marco também é o dublador oficial de atores como Jim Carrey, Robert Downey Jr. e Tom Hanks. Confira abaixo a minha entrevista com o Tony Stark brasileiro.

Mundo Estranho – Deixe – me começar com uma dúvida clássica de muita gente: o que é preciso pra ser um dublador ?

Marco Ribeiro: Todo dublador é um ator. Ele é um ator que faz TV, cinema, teatro e que faz dublagem. Então, para ser dublador você precisa ter o registro profissional de ator.

ME – Existe algum preparo ou processo especial que você realize antes de dublar um filme?

Marco: Muita gente pergunta isso, mas não há qualquer tipo de preparo. Só quando você chega no estúdio é que fica sabendo o que vai fazer.

ME – Como você decidiu que queria ser dublador?

Marco: Sempre fiz teatro na escola. Cheguei a fazer alguns curtas. Depois, aos 16 anos, comecei em rádio e teatro profissional. E depois a dublagem surgiu. Mas sempre gostei de brincar com a voz, fazer tipo, etc.

ME – Você é conhecido por seus inúmeros trabalhos dublando o Jim Carrey. É um ator difícil de dublar?

Marco: Muito. Ele é muito careteiro e tem uma maneira de falar toda característica. É muito dinâmico na interpretação.

ME – Qual dos personagens que você dublou é seu favorito?

Marco: São muitos, mas gostei muito de dublar Náufrago, Toy Story, Homem de Ferro e os filmes do Jim Carrey. Não há exatamente um favorito.

ME – Alguém já te reconheceu por conta da sua voz ou te pediu pra fazer uma imitação?

Marco: Sempre. No comércio, algumas vezes tem essa do “imita aí”. É clássica. E depois dizem “caraca… igualzinho!”. É sempre muito divertido.

ME – Qual a coisa mais bizarra que já pediram pra você fazer?

Marco: Me pediram para gravar uma frase xingando um amigo. Claro que não fiz, imagina. Tem muita gente doida.

ME – A dublagem é uma profissão extremamente subestimada no Brasil, o que é ruim, já que a dublagem brasileira é uma das melhores do mundo. Qual seu ponto de vista sobre a profissão de dublador no Brasil?

Marco: Creio que a situação já mudou bastante. Agora vemos mais pessoas se ligando em dublagem, respeitando. Participo de vários eventos pelo Brasil e vejo o carinho dos fãs. Mas a profissão ainda é muito discriminada pelos “intelectuais” e pela grande mídia. Muitas vezes, criticam sem nem saber do que estão falando. Deviam saber separar o joio do trigo. Há sim muita dublagem ruim e isso deve ser falado mesmo! Há muitos estudiozinhos de dublagem fazendo precinhos da China e trabalhos terríveis, mas há muita gente boa trabalhando sério e com uma qualidade fantástica.

ME – Você tem no seu currículo alguns personagens extremamente marcantes. Um deles é o boneco Woody de Toy Story. Como foi voltar a dublá-lo em Toy Story 3?

Marco: Comecei a dublar o Woody em uma situação muito triste. O nosso amigo Alexandre Lipiani, que dublou o Woody no primeiro Toy Story, havia falecido em um acidente de automóvel no Rio de Janeiro. Aí, o Garcia Junior (He-Man) me chamou para fazer o personagem. Dublar Toy Story 3 foi como fechar um ciclo. Foi, sim, emocionante.

ME – Qual a sua reação ao assistir um filme em que o personagem principal é dublado por você?

Marco: Hoje já estou acostumado. Mas há ocasiões em que vejo o filme e digo “ihhh, sou eu!” e nem me lembro do filme direito, ou quando eu dublei. Estou ficando velho!

ME – Você tem algum ídolo na dublagem?

Marco: Ídolos, não. Mas há pessoas cujo trabalho sempre admirei: Newton da Matta, Sumara Louise, Jomery Pozzoli, Orlando Drummond… são muitos profissionais fantásticos!

ME – Qual personagem você gostaria de dublar no futuro ?

Marco: Hummm… Já dublei Jesus em uma produção, mas se surgisse um filme legal… Sério, gostaria sim de poder dublar esse personagem real mais uma vez.

ME – Seu mais recente trabalho é Homem de Ferro 3. Foi um filme difícil de dublar?

Marco: Sim! Com muitos detalhes. Foi cansativo, mas acho que conseguimos fazer um bom trabalho. Digo, toda a equipe.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s