Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

2015 deve ser o ano mais quente já registrado

O aumento da temperatura terrestre é o resultado da combinação do El Niño com o aquecimento global provocado por humanos

Por Camila Almeida Atualizado em 4 nov 2016, 19h03 - Publicado em 27 nov 2015, 13h30

Este ano, os termômetros pipocaram. 2015 deve terminar sendo o ano mais quente já registrado. A informação foi publicada pelo World Meteorological Organization (OMM) e os resultados não são nada animadores. A temperatura média de 2011 a 2015 também é a mais quente dentre todas as séries de cinco anos computadas.

“O clima global de 2015 vai fazer história por uma série de razões”, afirmou o secretário-geral da OMM, Michel Jarraud. “Os níveis de gases de efeito estufa na atmosfera atingiram novos máximos. Na primavera do hemisfério norte, a concentração média global de CO2 cruzou a barreira de 400 partes por milhão pela primeira vez”, completou.

Uma estimativa preliminar com base em dados de janeiro a outubro mostra que a temperatura média da superfície global de 2015 até agora foi de quase 15ºC. Estamos cerca de 0,73 °C acima da média de 14 °C registrada entre 1961-1990. O ano foi tão quente que ultrapassamos um limite simbólico – e bastante significativo: ficamos 1ºC acima do registrado no período pré-industrial, no final do século 19.

Continua após a publicidade
Publicidade