GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

A maior trombada já vista

Os europeus acabam de promover a maior pancada já vista entre núcleos atômicos, capaz de desmontar pela primeira vez os prótons e os nêutrons. Eles foram partidos em pedaços ainda menores, conhecidos pelo nome de quarks. A façanha coube ao esforço combinado de dezenas de cientistas do Cern, sigla em francês para Centro Europeu de Pesquisas Nucleares, sediado em Genebra, na Suíça. “Demos a primeira prova de que os quarks podem existir fora dos prótons e dos nêutrons“, declarou o físico italiano Luciano Maiani, diretor geral do Cern, em um comunicado à imprensa.

Esta colisão entre dois núcleos de chumbo transformou prótons e nêutrons em partículas menores, os quarks. O choque criou um calor nunca visto – 1,5 trilhão de graus Celsius, 100 000 vezes maior que no centro do Sol.

Acima vê-se um aglomerado das partículas atômicas quarks. Assim é que era a matéria no Big Bang. Ela agora foi recriada em laboratório