GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

A última missão da Magalhães

Dia 11 de outubro, a sonda Magalhães interrompeu a comunicação com a Terra e, no dia seguinte espatifou-se na superfície de Vênus, num vôo suicida. A Magalhães foi a 26ª nave a vasculhar o planeta-irmão da Terra – a primeira sonda foi a Mariner, em 1962 – e, em quatro anos de trabalho, realizou a mais completa exploração de Vênus, por meio de radar. O próprio comando em terra, no Laboratório de Jatopropulsão da NASA, em Pasadena, Califórnia, mandou a sonda, já sem energia propulsora, mergulhar na sufocante atmosfera venusiana, composta principalmente de ácido sulfúrico e gás carbônico. Antes de se desintegrar em meio a altíssima acidez gasosa, a Magalhães cumpriu sua última missão: estudar o pesado ar. Ainda descobriu que a variação de densidade dos gases é muito maior do que se pensava até então.