GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Após errar o caminho, espaçonave japonesa chega a Vênus cinco anos atrasada

Lançada em 2010, a sonda Akatsuki deveria coletar informações sobre Vênus, mas teve que dar uma volta pelo Sol

Quem acredita sempre alcança. Depois de cinco longos, a Akatsuki, epaçonave da Agência de Exploração Espacial do Japão (JAXA), finalmente chegou ao seu destino final. Quando foi lançada, sal se acumulou na sua válvula entre o tanque de hélio pressurizado e o tanque de combustível. Isso fez com que o fluxo de combustível para o motor principal fosse cortado. O sistema de propulsão quebrou, e a sonda não conseguiu diminuir a velocidade para ser capturada pela órbita de Vênus. Resultado: ficou esse tempo girando  ao redor do Sol.

Sem o seu motor principal, a Akatsuki teve que confiar nos seus pequenos propulsores de controle de altitude para desacelerar até se aproximar da órbita de Vênus. Se tivesse dado errado, a sonda teria retornado envergonhada para a Terra dois anos após o seu lançamento.

É claro que os cinco anos de proximidade com o Sol não fizeram muito bem à espaçonave, que não vai conseguir coletar tantos dados como era pretendido inicialmente. Além disso, ela está um pouco mais longe do que deveria estar. Seis vezes mais longe, precisamente. Mas, segundo a JAXA, isso não vai impedir que a Akatsuk cumpra sua missão.

Leia mais:
Viagem pelo espaço

Sonda na NASA chega BEM perto de Plutão