GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Baleias abraçam parentes mortos e não soltam

É prova de mais um comportamento inteligente das baleias e golfinhos: o luto.

 
Como você já deve saber, cetáceos são seres inteligentes e sensíveis. Mas, agora, cientistas pela primeira vez conseguiram registrar um novo comportamento inteligente e sensível das baleias: o luto. Pesquisadores italianos e portugueses observaram indivíduos de sete espécies diferentes – das cachalotes às temidas orcas – abraçando membros do seu grupo quando eles morrem. O abraço de despedida foi flagrado principalmente entre mães e pais e filhotes mortos. Em muitos casos, os adultos agarraram e carregaram os filhotes por horas seguidas.
 
A teoria é que o comportamento seja realmente parecido com o luto. Os cientistas acreditam que animais organizados em grandes sociedades possam ter sentimentos de tristeza que se manifestam de maneira parecida com os nossos. Elefantes, por exemplo, já foram observados visitando o corpo de colegas dias depois de eles terem morrido. Chimpanzés também já foram vistos se reunindo para se despedir de amigos à beira da morte. Mas é a primeira vez que o hábito foi observado no fundo do mar.
 
Leia mais: