Clique e assine a partir de 8,90/mês

Buraco no Sol gerou tempestades magnéticas perto da Terra

Imagem registrada pela Nasa mostra uma área escura no Sol, que significa que há um campo magnético aberto para o espaço

Por Camila Almeida - Atualizado em 31 out 2016, 19h06 - Publicado em 15 out 2015, 16h45

A Nasa fotografou uma área escura no Sol. A imagem, registrada pelo Observatório de Dinâmicas Solares, foi divulgada na última quarta-feira (14). O buraco, chamado de coronal, acabou gerando uma tempestade solar bem próxima da Terra, o que acabou resultando em noites belíssimas de aurora boreal. Nós até divulgamos um vídeo que mostra baleias caçando sob as luzes do fenômeno.  

O buraco funciona quase como um portal – é uma área onde o campo magnético do Sol fica aberto para o Universo. Esses buracos são parte da coroa solar e acabam mudando de tamanho e formato o tempo inteiro, uma vez que a superfície não é rígida. Onde o buraco fica a camada é super fina e com baixa densidade, o que acaba liberando material solar para o espaço

Só que essas partículas não são simplesmente liberadas. Elas são expelidas por ventos super velozes, que podem chegar a impressionantes 800 km/s. Essas tempestades são comuns e acontecem quando o Sol está em alta atividade. Quando sua atividade está mais baixa, o buraco coronal acaba ficando confinado na região polar do astro. 

Fique por dentro das notícias sobre Astronomia em: Mistérios do Universo

Continua após a publicidade

Leia também:

Armageddon: NASA vai impactar um asteroide para evitar o apocalipse

– Encontrado o exoplaneta mais parecido com a Terra

– Voltar à Lua pode ser 10 vezes mais barato do que se pensava

Publicidade