Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Caçador de vampiros

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h53 - Publicado em 30 nov 2006, 22h00

Alho, crucifixo e estaca? Esqueça. O físico americano Costas Efthimiou acaba de concluir: vampiros não podem existir. Ele calculou que, se o conde Drácula mordesse uma pessoa por mês a partir de 1600, e suas vítimas fossem mordendo mais gente nesse mesmo ritmo, todo mundo seria vampiro hoje.

Publicidade