GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Espaço exportou a base da vida

Faz tempo que se supõe que a vida na Terra pode ter-se formado no espaço, por causa da presença de compostos orgânicos em meteoritos achados em vários lugares do planeta. Essa hipótese está agora mais forte: testes realizados com o meteorito de Murchison, que caiu na Austrália, identificaram nos fragmentos moléculas de deutério e nitrogênio-15, forma rara de hidrogênio e nitrogênio. Os dois elementos fazem parte das nuvens de poeira estelar de onda se formou por sistema solar. Por isso, os cientistas acreditam que, Há 6 bilhões de anos, ao formar-se o sistema, algumas daquelas moléculas incorporaram-se aos meteoritos.

Quando caíram na Terra, logo após a sua formação, especulam ainda os cientistas, alguns meteoritos liberaram compostos orgânicos que se combinaram de novo em moléculas até dar origem ao DNA (ácido desoxirribonucléico), o componente fundamental da vida terrestre. “Se esses meteoritos foram os veículos que transmitiram a vida à Terra”, comenta o astrofísico Roberto Boscko, da USP, “ainda falta explicar como surgiram os compostos orgânicos.”