Clique e assine a partir de 8,90/mês

Estrada cósmica empoeirada

Por Da Redação - Atualizado em 31 out 2016, 18h50 - Publicado em 21 jul 2009, 22h00

A Terra viaja no vácuo do espaço, é certo. Mas nao totalmente no vácuo: em seu trajeto há um anel de poeira, saido talvez do cinturão de asteróides, entre Marte e Júpiter. A suspeita é de uma equipe de pesquisadores do Departamento de Astronomia da Universidade da Florida, nos Estados Unidos. Com base nas imagens do satélite europeu Iras, os astrônomos simularam em computador (ao lado) a órbita das partículas que viajam mais de 400 milhões de quilômetros até o centro do sistema solar. E concluíram que, quando chegam perto da Terra, elas caem numa espécie de armadilha gravitacional e seguem o planeta em sua órbita em torno do Sol. Os minúsculos grãos não medem mais do que 10 micrometros (um centésimo de milímetro).

Publicidade