GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Faça-se a luz

Usina movida a espelhos promete um futuro brilhante para a energia solar

Texto Alexandre Versignassi

Sabe aquilo de queimar papel com uma lupa num dia de sol? Então. Esta usina aqui gera energia pelo mesmo princípio. Só que em escala industrial: são 624 espelhos, de 120 m2 cada um, fazendo o papel de “lupa”. A função deles é concentrar a luz do Sol em caixas-d`água na parte de cima da torre. A água esquenta a 400 oC. Ferve diabolicamente. Os jatos de vapor saem com força suficiente para mover turbinas pesadas. E o movimento das turbinas cria uma corrente elétrica. Resultado: 11 megawatts de energia, o bastante para suprir uma cidadezinha de 10 000 habitantes. Tudo sem queimar um teco de carvão ou acumular lixo atômico. E pela metade do preço de uma usina solar comum. Mais: ela pode funcionar com água salgada. A evaporação tira o sal, e a água doce que sobra vai para irrigar plantações. A primeira dessas usinas a operar em escala comercial é esta aqui, em Sevilha, na Espanha. E a idéia é instalar centenas delas no norte da África, onde o que não falta é sol, para fornecer energia à Europa. Que tal algumas dessas por aqui para evitar novos apagões?