GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Garimpagem histórica

São essas passagens que compõem a fascinante narrativa de Peter L. Bernstein em O Poder do Ouro (Campus).

Guilherme Kamio

Pelos sentidos estéticos e monetários que adquiriu, o ouro sempre esteve envolvido em episódios históricos fantásticos e absurdos, que transitavam entre a glória e a tragédia. São essas passagens que compõem a fascinante narrativa de Peter L. Bernstein em O Poder do Ouro (Campus). O autor parte da época dos faraós, que acreditavam ficar próximos das divindades ao se enfeitar com o material, passa pelos relatos bíblicos – até Deus tinha uma quedinha pelo raro metal – e chega à atualidade, analisando a perda do prestígio financeiro do ouro para as ações e o dólar.