GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Gurus – Pense $ rico

Pensar positivo atrai dinheiro? Para quem vende motivação em livros, DVDs e palestras, não há dúvida. Conheça alguns dos maiores gurus do otimismo

RHONDA BYRNEwww.thesecret.tv

A australiana de madeixas brancas virou fenômeno ao revelar, por meio de um livro e de um filme, o “segredo” do sucesso de grandes líderes e gênios do passado. A catarse aconteceu quando ela lia o livro The Science of Getting Rich, escrito em 1910 por Wallace D. Wattles. A mensagem de Byrne gerou uma fortuna de US$ 48 milhões em dois anos.

BORDÃO – “Você está destinado a ter uma vida incrível!”

BEST-SELLER – O Segredo (2006). Ele revela a chave do sucesso, a Lei da Atração: você é um ímã que pode atrair o que quiser pelos sinais emitidos por seus pensamentos e sentimentos. Mentalize seus desejos (dinheiro, felicidade, perda de peso), acredite que isso já aconteceu ou vai acontecer e voilá – terá!

QUANTOS LIVROS VENDEU – Mais de 19 milhões de cópias de O Segredo (o mesmo do que todos os livros de Chico Xavier juntos).

QUANTOS DVDs VENDEU – Mais de 2 milhões de cópias.

QUANTO COBRA POR PALESTRA – Não dá palestras e raramente aparece na mídia.

VIDA PESSOAL – Em 2004, sofreu a perda do pai na mesma época em que sua produtora estava falindo. Emergiu do fundo do poço com a descoberta do “segredo”.

 

 

AUGUSTO CURYwww.augustocury.com.br

Seus livros são recordistas em vendas nas prateleiras de autoajuda, mas o psiquiatra brasileiro prefere ser chamado de “semeador de ideias”. É filiado ao Partido Verde e, em 2010, deu uma palestra motivacional para os jogadores da seleção brasileira antes da Copa.

BORDÃO – “Ninguém é digno do oásis se não aprender a atravessar seus desertos.”

BEST-SELLER – Nunca desista dos seus sonhos (2004). As trajetórias vitoriosas de Jesus Cristo, Abraham Lincoln e Martin Luther King são analisadas no livro para demonstrar como a perseguição obstinada dos sonhos nos leva ao sucesso.

QUANTOS LIVROS VENDEU – Mais de 11 milhões, em 26 títulos publicados em 50 países. Paulo Coelho disputa com ele a primeira posição na lista de brasileiro mais vendido da década. O mago perde, com 9,2 milhões de exemplares.

VIDA PESSOAL – Teve infância humilde em Colina, interior de São Paulo. Entrou na faculdade de medicina, onde se sentia muito diferente dos outros alunos. Foi aí que se tornou um escritor compulsivo. Até os 38 anos registrou, em mais de 3 mil páginas, suas ideias sobre os processos de construção e formação do pensamento, que culminaram na teoria da Inteligência Multifocal.

 

 

DEEPAK CHOPRAwww.deepakchopra.com

O indiano trocou a carreira de endocrinologista pelos ensinamentos da meditação e espiritualidade por volta dos anos 80, tornando-se o guru da medicina alternativa. No auge do sucesso, há 10 anos, sua fortuna estimada era de US$ 15 milhões (já eram mais de 10 milhões de livros vendidos). Foi eleito pela revista Time como um dos ícones do século 20.

BORDÃO – “A fonte de toda criação é a consciência pura”.

BEST-SELLER – As sete leis espirituais do sucesso (1994). Seria preciso despertar a consciência – por meditação e outras atividades holísticas – para atingir o bem-estar, a abundância (não necessariamente financeira) e o sucesso.

QUANTO COBRA POR PALESTRA – Até € 1 300 (entre as que estão agendadas para este ano).

VIDA PESSOAL– O indiano declara que nunca sofreu com os obstáculos da vida, não fica doente e não tem dores. Além disso, costuma dizer que suas mudanças de rumo, como quando descobriu a meditação e se tornou discípulo do guru Maharishi Makesh Yogi, são bem-sucedidas porque ele aceita o desconhecido e está aberto a novas experiências. Já tem mais de 50 livros publicados.

 

 

AMIT GOSWAMIwww.amitgoswami.org

Esse senhor indiano de aspecto bonachão, comumente de boné ou boina, se dedicou à física por 32 anos, até “despertar a sua consciência” e começar a teorizar sobre o que é mesmo real, segundo a física e a espiritualidade. Tanto que se diz um ativista quântico. Fez ponta no famoso filme O Segredo, de Byrne. Publicou 8 livros.

BORDÃO – “A consciência, e não a matéria, é o fundamento de toda a existência”.

BEST-SELLER – O Universo Autoconsciente (1995). Usando fundamentos da física quântica, o autor defende a ideia de que não é a matéria o principal elemento da criação, e sim a consciência. Seria ela a responsável por ditar os parâmetros do que é real. A teoria defende que não existe Universo sem algo que perceba sua existência.

QUANTOS LIVROS VENDEU – Mais de 500 mil.

QUANTO COBRA POR PALESTRA – Para empresas, US$ 10 mil, em média.

VIDA PESSOAL – O físico passou por um período de estresse e crise profissional por volta dos 38 anos, o que o levou a procurar forças na espiritualidade. Começou a questionar “o foco materialista da ciência” e passou a estudar seus pontos de contato com o misticismo.

 

 

ESTHER E JERRY HICKSwww.abraham-hicks.com

O casal assina 12 livros e dá palestras sobre o poder do pensamento positivo. Esther diz ter ajuda de seu guia espiritual Abraham, que ela incorpora e com quem teria feito contato em sessões diárias de meditação.

BORDÃO – “Você é amado. Tudo está bem.”

BEST-SELLER – Peça e Será Atendido (2004). Apresenta a teoria da Lei da Atração e dá exercícios para ajudar a substituir a negatividade pelo otimismo e ganhar mais coragem e alegria. Ficar pensando no que não temos, ao invés de focar na vontade de ter o que queremos, seria o motivo de todo fracasso. Declaram-se a fonte primordial de informação para O Segredo.

QUANTOS LIVROS VENDERAM Seus 3 títulos mais vendidos chegaram a 1,5 milhão de cópias.

QUANTO COBRAM POR PALESTRA – Eles fazem tours pelos Estados Unidos. O ingresso individual para um workshop custa US$ 200. Também organizam cruzeiros – um seminário que farão num navio para o Alasca, entre junho e julho, sai US$ 400 por pessoa.

VIDA PESSOAL – Tiveram uma briga pública com Rhonda Byrne recentemente por causa da participação do casal no filme O Segredo. Eles tinham feito um acordo, mas se sentiram prejudicados ao ver que a voz de Esther, quando incorporada por Abraham, foi usada para narrar boa parte do longa sem que lhe dessem o crédito. O casal pediu que sua participação fosse cortada da segunda versão do filme.