GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Línguas são mais parecidas do que se imaginava

Pela primeira vez, um estudo analisou as semelhanças entre 3.720 das 6 mil línguas do mundo – e concluiu que boa parte dos termos com os mesmos significados partilha (ou exclui) os mesmos sons. Isso acontece até em línguas sem parentesco, como o chinês, o húngaro e o inglês.

Linguistas selecionaram cem palavras básicas de cada idioma e as compararam. Os termos escolhidos foram pronomes, partes do corpo, adjetivos simples (“pequeno”, “cheio”) e termos da natureza (“estrela”, “terra”, “peixe”).

Os cientistas acreditam que as semelhanças não são coincidência, o que contradiz a crença de que a relação entre palavra e significado é arbitrária. Agora falta entender como as similaridades surgiram.

Mãe

Em qualquer idioma, tem um M forte. Em italiano é mamma, em persa é madr, em rapanui (da ilha de Páscoa) é Matu´a.

Nariz

Tem um “N” forte, que produz um som nasal, junto com sons de “E” ou “U” (como no inglês, nose, e no finlandês, nenä).

Língua

A parte do corpo leva a letra “L”, como langue (francês), glossa (grego) ou lugha (suahili).

Vermelho

Tem o som de “R” em red (inglês), rosso (italiano), röd (sueco), rojo (espanhol) e em muitos outros idiomas.

Areia

Várias línguas compartilham o som da letra “S”, como em sand (inglês e alemão) e sha (chinês).

Redondo

Também tem o “R” em destaque – como rotundo (italiano), raundo (japonês) e rxb (tailandês).

 

Fonte: Sound-meaning association biases evidenced across thousands of languages