Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Nem Freud nem Prozac

se a psicanálise nunca esteve tão em baixa, tampouco os neurologistas trouxeram modelos melhores para explicar o que se passa em nossa mente.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h45 - Publicado em 31 mar 2002, 22h00

Rodrigo Cavalcante

Em 1990, os neurocientistas americanos persuadiram o Congresso dos Estados Unidos a designar os anos 90 como a Década do Cérebro. Para o jornalista John Horgan, será preciso muito mais que isso para entender a mente. Em A Mente Desconhecida (Companhia das Letras), Horgan faz um apanhado das descobertas sobre o cérebro, de Freud ao Prozac. O resultado é de um profundo ceticismo: se a psicanálise nunca esteve tão em baixa, tampouco os neurologistas trouxeram modelos melhores para explicar o que se passa em nossa mente.

Publicidade