GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Nova tecnologia promete fazer centenas de exames com apenas uma gota de sangue; invenção gera polêmica nos EUA

Criado pela empresa americana Theranos, sistema atrai quem tem medo de agulha e poderia revolucionar as análises clínicas; falta de comprovação científica atrai críticas


Em julho, a empresa californiana Theranos recentemente obteve aprovação da Food & Drug Administration para comercializar sua tecnologia – que promete realizar centenas de tipos de exame, de análises corriqueiras como triglicérides e anemia à detecção de vírus como HIV e Ebola, com apenas uma gota de sangue. O paciente coleta a gota num minifrasco (batizado de Nanoteiner) e envia para a Theranos, que faz a análise utilizando uma tecnologia batizada de Edison (referência ao inventor Thomas Edison). O teste já é oferecido em dezenas de lojas da rede de farmácias Walgreens.

Mas a Theranos, que atualmente tem valor de mercado de US$ 9 bilhões, foi tragada para o centro de uma polêmica nesta semana. A FDA advertiu a empresa por não manter um controle de qualidade adequado em seus procedimentos internos, críticos lembraram que a Theranos não divulgou estudos comprovando a eficácia da tecnologia Edison, e a acusaram de ter explorado uma brecha no sistema regulatório para driblar a FDA. E a rede Walgreens anunciou que vai interromper a adoção da nova tecnologia até que tudo se esclareça. A empresa se defendeu dizendo que irá publicar dados de eficácia, mas não estabeleceu uma data.