GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Novo Antinflamatório

A USP e a Indústria Farmacêutica Aché criaram medicamento antiinflamatório totalmente produzido no Brasil.

A partir de 1992, o brasileiro poderá provar de seu próprio remédio. A Universidade de São Paulo e a indústria farmacêutica Achê estão concluindo as pesquisas para um medicamento criado inteiramente no país: o antiinflamatório artemenina. Pela primeira vez dominam-se todas as etapas de produçã de um remédio, desde a identificação da erva da qual é extraída a substancia química até a composição química final.

“Tudo começou há dez anos”, lembra o bioquímico Jayme Sertié, chefe do laboratório de Farmacologia e Toxicologia de Produtos Naturais da USP, “quando descobrimos que os pescadores paulistas costumam esfregar-se com as folhas de planta conhecida como Maria-rezadeira para curar inflamações provocadas por peixes.” Depois de investimentos de 200 mil dólares, os resultados são animadores.Experimentos com cobaias demonstraram a eficiência da pomada de artemenina contra artrite, o quadro mais grave de inflamação. Na forma de xarope, o remédio parece ter a vantagem de não causar irritações estomacais ao contrario dos antiinflamatórios em geral.