GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O girar da Terra: louco rodopio por causa da água

As represas construídas acima e abaixo do equador mudam a velocidade de rotação do planeta.

Você, com certeza, já viu uma bailarina rodopiando fechar os braços e, com isso, girar mais depressa. Isso acontece porque ela desloca parte de seu peso para perto do eixo de rotação. Com a Terra ocorre o mesmo. O geofísico sino-americano Benjamin Fong Chao, da Nasa, calculou que os reservatórios de água aceleram o planeta. É que as represas ficam nas altas latitudes, longe do equador, e isso quer dizer que estão mais próximas do eixo de rotação do planeta (veja o infográfico abaixo). Os reservatórios acumulam a água que a chuva traz dos oceanos. “Como a massa de oceanos perto do equador é maior do que nas altas latitudes, parte do ‘peso’ da Terra está sendo deslocado para mais perto do eixo de rotação”, disse à SUPER o geofísico. As represas de fato levam a Terra a girar mais rápido, o que tende a fazer os dias ficarem mais curtos. Mas a diferença é de apenas oito milionésimos de segundo em cada 24 horas. Existem outros fatores que contrabalançam o efeito das represas. Como a Lua, que sempre retarda o rodopio do planeta em um ou dois centésimo de segundo a cada século.