GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

O que é relógio biológico?

Os biólogos acreditam que esse ciclo muda de acordo com a espécie para que cada uma delas explore um horário diferente do dia.

Todo ser vivo possui um ciclo de descanso e atividade relacionado aos períodos diurno e noturno. Entre os animais, esse ciclo – chamado de circadiano (cerca de um dia) – oscila entre 23 e 26 horas. Já o relógio dos seres humanos, com pequenos desvios, dá uma volta a cada 24 horas e 18 minutos. Como o relógio avança diariamente esses 18 minutos, o organismo se recupera mais facilmente de longas viagens para o leste – direção em que o fuso horário aumenta – do que para oeste. Assim, entrar no horário de verão, quando o relógio é adiantado em uma hora, também é mais difícil do que sair dele. “Todo dia, os minutos extras do nosso ciclo circadiano são ajustados conforme as atividades e a quantidade de luz a que somos submetidos. Se ambas são intensas pela manhã, o ciclo encurta. Atividades no fim da tarde ou à noite o expandem”, afirma o fisiologista John Araújo, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em Natal.

Os biólogos acreditam que esse ciclo muda de acordo com a espécie para que cada uma delas explore um horário diferente do dia. Um estudo recente da Universidade de Osaka, no Japão, constatou que as espécies animais com relógios de exatas 24 horas tendem a ter menos sucesso evolutivo, porque, ao sairem todas juntas para caçar, formam “horários de rush” nos quais a comida se torna mais escassa.