Clique e Assine SUPER por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

O Sol roubou um planeta anão?

O Sol pode ter roubado Sedna de uma outra estrela, que existia a 34 bilhões de quilômetros de nós

Por Ana Luísa Fernandes
Atualizado em 19 jul 2017, 18h12 - Publicado em 17 dez 2015, 11h15

Desde a sua descoberta em 2003, o planetoide Sedna, que gira nos confins do Sistema Solar, vem gerando dúvidas nos astrônomos.

De todos os objetos conhecidos no nosso sistema, ele é o que possui maior período orbital: são 11.400 anos para dar uma volta ao redor do Sol.

Para ter uma ideia de como esse é um bom tempo, os planetas anões Orco e Haumea, companheiros de periferia do Sedna, fazem o trajeto em 247 e 283 anos.

Agora, cientistas parecem finalmente ter descoberto o motivo para tamanha diferença, e o culpado é o Sol: ele pode ter roubado Sedna de uma outra estrela, que existia a 34 bilhões de quilômetros de nós. “Acreditamos que ainda podem existir mais ou menos 500 objetos como Sedna no Sistema Solar. E cada um possui uma memória em sua órbita sobre seus lugares de origem”, diz Simon Zwart, um dos autores da pesquisa.

Continua após a publicidade

Mas, como todo bom ladrão, o Sol é cauteloso. É provável que os outros objetos adquiridos sejam bem menores e, consequentemente, de mais difícil identificação.

“O Sol provavelmente não roubou planetas comuns como o nosso, porque eles costumam ser formados em uma região mais próxima da estrela. Ele só captura objetos que ficam mais distantes. Sedna pode ser o maior nessa categoria, mas ainda é cedo para dizer”, completa Zwart.

Fonte: How Sedna and family were captured in a close encounter with a solar sibling, de Lucie Jilkova e Simon Portegies Zwart

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 14,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.