GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Paciente de dentista inglês é uma baleia francesa

Uma baleia assassina que vive num zoológico da França teve seus dentes obturados por um dentista inglês especializado no tratamento de animais exóticos.

Três toneladas de peso, cerca de cinqüenta dentes e um canal danificado com 8 centímetros de profundidade e 4 de largura. São essas as medidas da mais nova cliente do dentista londrino Peter Kertesz: Tanouk, uma orca de 10 anos, do Zoológico Marinho de Antibes, na França. Mês passado, Kertesz, especializado no tratamento de animais exóticos, foi convidado para a experiência inédita de obturar um dente quebrado da baleia assassina. Embora casos como o de Tanouk sejam normalmente solucionados com a simples extração, a direção do zoo resolveu tentar a obturação depois que se constatou que o nervo já estava morto e o animal não sofreria nenhum tipo de dor. Deu certo. Com a ajuda do treinador, que persuadiu a paciente a ficar com a boca aberta durante as sessões, sempre curtas e rápidas, o dentista pôde limpar a gigantesca cavidade, que até maio fica vedada por curativos, renovados diariamente pelo pessoal de Antibes. Depois, Kertesz vai preencher o canal com material odontológico e encapá-lo com o mesmo tipo de amálgama usado no tratamento de humanos.