GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Poeira do Saara destrói furacões na América do Norte

O Deserto envia 4 bilhões de toneladas de poeira para o planeta todo – ruim para sua rinite, bom contra as tempestades.

Quatro bilhões de toneladas de poeira do Deserto do Saara são arrastadas todo ano pelo vento – e boa parte delas vai parar nos arredores do Golfo do México, deixando o céu nublado e a rinite de muita gente em polvorosa.

Essa invasão, porém, traz consequências positivas: impede a formação de furacões nessa região, devastada pelo Katrina em 2005.

Isso porque nuvens só se formam quando o vapor d’água na atmosfera esfria e condensa.  Toda a agitação dos redemoinhos de poeira, porém, deixa o ar mais quente. O vapor não consegue esfriar, as nuvens não se formam – e adeus furacões.