Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Que planeta é esse?

Quanto mais se descobre sobre Saturno, mais perguntas aparecem.

Por Da Redação Atualizado em 31 out 2016, 18h54 - Publicado em 30 jun 2006, 22h00

Fernanda Nogueira

TaÍ um lugar esquisito. Saturno é 95 vezes maior do que a Terra, e mesmo assim sua rotação é tão rápida que o dia lá só dura pouco mais de 10 horas. Pelo menos duas de suas luas podem abrigar vida. E seus anéis ainda são um mistério. Para entender o funcionamento do sexto planeta do sistema solar, a Nasa, a Agência Espacial Européia (ESA) e a Agência Espacial Italiana (ISA) despacharam para lá as sondas Cassini e Huygens. Além de enviar imagens inéditas, medições meteorológicas e geológicas e gravações sonoras impressionantes, as duas descobriram nada menos do que 16 luas – eram 31, agora são 47. A exploração custou 3 bilhões de dólares e envolve mais de 250 pesquisadores, que tentam agora interpretar as informações que nos chegam de uma distância de 1,2 bilhão de quilômetros. No planeta, as sondas encontraram tempestades com ventos de até 1 800 km/h. Nos anéis, fotografaram satélites e uma atmosfera própria, formada de oxigênio. Mas os dois maiores desafios são as luas Titã e Encelado. Ambas podem preservar em seus solos congelados muitas das combinações químicas que precederam o surgimento da vida na Terra. “Procuramos algum tipo de microorganismo nas duas”, diz Rosaly Lopes, cientista brasileira que trabalha na Nasa. A sonda Huygens, que pousou em Titã e enviou informações sobre sua superfície, já cumpriu sua missão. A Cassini continuará, por mais 4 anos, a desvendar os mistérios de Saturno.

Saturno

Boa Notícia: “Vinte quilômetros abaixo das névoas superiores e das nuvens de amônia, vimos sistemas de tempestades, ondas e outras características dinâmicas que não conhecíamos”, disse à SAPIENS o cientista da Nasa Kevin Baynes.

Enigmas: Antes só se conhecia a primeira camada de atmosfera. As sondas mostraram a área logo abaixo. Mas ninguém sabe ainda como funciona a circulação atmosférica 1 000 quilômetros mais para dentro do planeta.

Cassini-Huygens

A Cassini é do tamanho de um ônibus escolar e carrega 12 quilômetros de cabos e 1 630 circuitos interconectados. A maior das 3 antenas tem 4 metros de diâmetro. A sonda Huygens, que tem só 2,7 metros de diâmetro, viajou de carona. Ao chegar perto do planeta, foi por conta própria até Titã, onde usou 3 pára-quedas para descer. Durante meia hora, enviou informações sobre a composição química, as condições do tempo e das nuvens. Depois, silenciou.

Encelado

Boas novas: A descoberta de erupções de vapor d·água nesta lua de menos de 100 milhões de anos é forte evidência de que há reservatórios de água líquida abaixo da superfície. Além de Titã, é o único outro satélite de Saturno que tem uma atmosfera. Seus gases são a fonte geradora do anel E do planeta.

Enigmas: Para gerar e expelir água líquida desse jeito é preciso ter um subsolo quente. Ninguém faz a menor idéia de como isso é possivel.

Continua após a publicidade

Anéis

Boas novas: Com uma espessura de apenas 1 quilômetro, os 7 principais anéis têm até 282 mil quilômetros de largura, cerca de três quartos da distância entre a Terra e a Lua. A Cassini mediu sua temperatura, achou um novo anel e uma nova classe de miniluas entre eles.

Enigmas: Galileu Galilei viu os anéis pela primeira vez em 1610. Quase 500 anos depois, ainda não sabemos quando eles surgiram nem de que são feitos.

Titã

Boas novas: Na superfície, a lua tem dunas e montanhas de gelo. As sondas identificaram metano nos estados líquido e gasoso. “Essa substância faz com que Titã tenha uma atmosfera parecida com a da Terra antes do surgimento da vida”, explica Rosaly Lopes.

Enigmas: A atmosfera é rica em material orgânico e o metano segue um ciclo parecido com o da água na Terra. Mas, por enquanto, não foram encontrados indícios de vida.

Mundo estranho

As maiores curiosidades sobre Saturno.

• Apesar de ter uma massa 95 vezes maior que a da Terra, é o único planeta do sistema solar menos denso do que a água. Os cientistas discordam sobre a existência de um núcleo sólido.

• Sua volta ao redor do Sol é bem lenta. Um ano lá dura mais de 29 anos terrestres.

• Em compensação, gira rápido em torno de seu eixo. Um dia tem só 10 horas – a duração exata ainda é discutida pelos astrônomos. Por causa dessa velocidade, é o planeta mais achatado do sistema solar .

• Foi batizado pelos romanos em homenagem ao deus da agricultura. Mas antes teve os nomes de Kronos e Estrela de Ninib.

• Outros planetas têm anéis, mas só os de Saturno podem ser vistos da Terra. Você só precisa de um pequeno telescópio.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)