GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Rádio-jacaré inicia transmissões

Pesquisadores colocaram um microtransmissor sob a pele de um jacaré para coletar informações sobre o que está acontecendo no seu organismo.

Ao contrário do que acontece com os mamíferos, o corpo dos répteis não tem temperatura fixa: esta varia conforme faça frio ou calor no ambiente externo. Isso pode ser um complicador quando se pretende criar répteis como o jacaré em cativeiro, e alguns pesquisadores resolveram enfrentar o problema por meio do rádio. Eles implantaram um microtransmissor sob a pele de um jacaré-do-papo-amarelo para coletar informações relevantes sobre o que está acontecendo no seu organismo. Conhecendo as preferências de temperatura do animal pode-se tornar o cativeiro o mais parecido possível com seu ambiente natural. “Isso facilitaria, entre outras coisas, sua reprodução”, explica o biólogo Flávio de Barros Molina, do Setor de Répteis do Zôo paulista.