GABRILA65162183544miv_Superinteressante Created with Sketch.

Toque de mestre

O sistema, por enquanto, tem uma grande desvantagem: uma pessoa com visão normal precisa operar o computador, que envia os dados para a tela metálica.

Grandes novas para os deficientes visuais. Um “monitor” táctil foi criado pela equipe de pesquisadores do National Institute of Standards and Technology (NIST), ligado ao governo americano. Os “pixels” desse artifício são 3 600 pequenos pinos metálicos que cobrem uma tela retangular. Eles se elevam em diferentes alturas para criar figuras em alto-relevo, travam nessa posição para que o usuário possa sentir a figura com as mãos, e se rearranjam em novas formas quantas vezes forem necessárias. O sistema do NIST conta com um software que transcreve imagens escaneadas e extraídas de páginas da internet. Pode ser usado para reproduzir gráficos, mapas ou qualquer representação visual. A inspiração para a invenção, dizem os cientistas, foi um brinquedinho barato em que pinos metálicos formam desenhos ao serem pressionados com as mãos. O sistema, por enquanto, tem uma grande desvantagem: uma pessoa com visão normal precisa operar o computador, que envia os dados para a tela metálica.