Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Bruno Garattoni

Por Bruno Garattoni
Vencedor de 15 prêmios de Jornalismo. Editor da Super.
Continua após publicidade

Algoritmo de IA do Google cria vídeo de qualquer pessoa a partir de uma foto dela

Software, que se chama VLOGGER, ainda é um projeto de pesquisa sem previsão de lançamento; mas, se chegar às mãos do público, pode ter consequências boas e ruins 

Por Bruno Garattoni Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
23 mar 2024, 10h00

Software, que se chama VLOGGER, ainda é um projeto de pesquisa sem previsão de lançamento; mas, se chegar às mãos do público, pode ter consequências boas e ruins 

O algoritmo, que é descrito em um artigo científico assinado por seis pesquisadores do Google, pode ter grandes consequências no futuro – pois ele permite, a partir de uma simples foto, gerar um vídeo de uma pessoa falando. 

Basta alimentar a IA com a imagem, e digitar o que você deseja que a pessoa fale. O resultado não é impecável, mas é surpreendente: bom o bastante para convencer um observador menos atento em redes sociais, por exemplo. 

Além de gerar as expressões faciais da pessoa e piscar os olhos dela, a IA também movimenta sua cabeça e mãos de forma natural. O ângulo de câmera e a pose da pessoa são fixos, determinados pelo algoritmo – ele serve para gerar vídeos ao estilo “talking head” (não é um competidor para o algoritmo Soma, da Open AI, que gera clipes em diversos ângulos e estilos). 

Segundo os pesquisadores, o VLOGGER foi treinado em 800 mil vídeos de pessoas falando (um banco de dados, compilado pelo Google, que se chama MENTOR), e se tornou capaz de identificar e replicar movimentos faciais e corporais. 

Continua após a publicidade

O algoritmo é um projeto de pesquisa, sem data de lançamento prevista. Porém, se ele um dia chegar ao alcance do público, certamente terá diversos usos – bons e ruins.  

A IA poderia servir para animar conversas de texto, por exemplo, criando um avatar fotorrealista da pessoa com a qual você está teclando. Também serviria para gerar telejornais, ou animar um assistente pessoal digital. “Indústrias como a criação de conteúdo, o entretenimento, ou os games têm grande demanda por síntese de humanos”, diz o artigo. 

Os pesquisadores também imaginam outros usos, como a educação e a telemedicina. Se acoplado a uma IA de conversação, por exemplo, o VLOGGER poderia gerar a imagem de um médico, que faria consultas online.

Continua após a publicidade

Mas o algoritmo também poderia, por outro lado, ser usado para criar vídeos falsos de praticamente qualquer pessoa. Ele não clona a voz do indivíduo, mas já existem IAs que fazem isso. 

O artigo sobre o VLOGGER, que tem 22 páginas, não discute medidas de segurança contra possíveis usos nocivos do algoritmo. 

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.