Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Fundo vermelho liso. Ciência Maluca Por redação Super Este blog não é mais atualizado. Mas fique à vontade para ler o conteúdo.

Fingir sentimentos faz bem para você

Por Carol Castro Atualizado em 21 dez 2016, 10h08 - Publicado em 2 jul 2012, 19h43

Tem dias que a gente acorda pronto para voltar a dormir. Faltam umas doses de ânimo, confiança, vontade. Só que bem naquele dia você tem uma reunião importante no trabalho – e precisa apresentar um projeto novo para uma galera. Dá até para prever o conselho de qualquer guru de autoajuda: pense positivo e tudo vai dar certo! Assim: relembre aquele dia em que você mandou super bem, recebeu mil elogios e… pronto, sua confiança volta turbinada. Certo? Não. A melhor saída, segundo a ciência, é fingir, enganar sua cabeça.

Essa história vem de um artigo do The Guardian, escrito pelo psicólogo Richard Wiseman. Segundo ele, seu humor muda quando você finge um comportamento. Por exemplo, se você estiver triste, force um sorriso. É mais fácil ficar feliz com um sorriso falso do que apenas pensar em coisas legais.

O artigo relembra uma pesquisa antiga, dos anos 70, de uma universidade americana. Nela, os voluntários tiveram de forçar algumas expressões. Alguns agiram como se estivessem bravos, com a sobrancelha franzida e os dentes cerrados, enquanto outros tiveram de abrir um sorrisão. Aí, quem fez cara de bravo realmente ficou mais bravo, e quem sorriu ficou mais feliz.

Com outros sentimentos, como confiança, isso também funciona. Um estudo da Columbia Business School dividiu alguns voluntários em dois grupos diferentes. A primeira turma teve de adotar uma postura dominadora: colocar o pé na mesa, olhar para cima e colocar as duas mãos cruzadas atrás da nuca. Os outros participantes tiveram de ficar em pé, olhando para o chão. Em pouco tempo, a confiança e o nível de testosterona de quem pagou de folgado, com os pés na mesa, aumentou.

Ou seja, qualquer comportamento, expressão do seu corpo pode afetar seu humor. Não é uma loucura pensar como nossa mente e corpo conversam, se enganam e guiam nossas atitudes?

(Vale lembrar que outras pesquisas já disseram o contrário: sorriso forçado não ajuda em nada.)

Crédito da foto: cuteculturechick.com

Leia também:
Ser feliz faz mal para você

5 boas razões científicas para você sorrir
Forçar sorriso piora o seu humor

Continua após a publicidade

Publicidade
Fingir sentimentos faz bem para você
Tem dias que a gente acorda pronto para voltar a dormir. Faltam umas doses de ânimo, confiança, vontade. Só que bem naquele dia você tem uma reunião importante no trabalho – e precisa apresentar um projeto novo para uma galera. Dá até para prever o conselho de qualquer guru de autoajuda: pense positivo e tudo […]

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Transforme sua curiosidade em conhecimento. Assine a Super e continue lendo

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

App SUPER para celular e tablet, atualizado mensalmente.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da Super. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da SUPER, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Receba mensalmente a SUPER impressa mais acesso imediato às edições digitais no App SUPER, para celular e tablet.

a partir de R$ 12,90/mês

Publicidade