Assine SUPER por R$2,00/semana
Imagem Blog

Se Conselho Fosse Bom

Por Blog
Coluna semanal de perguntas práticas, sentimentais e existenciais enviadas por leitores da SUPER. Por Karin Hueck
Continua após publicidade

“Estou grávida e meu marido não quer participar de nada. Devo me separar?”

É melhor ficar junto ou tentar ser feliz fora do casamento - mesmo que seja com um barrigão?

Por Karin Hueck Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
8 Maio 2018, 17h20

Olá, Karin! Há 7 anos, vivo com meu marido e esse ano vamos ter um bebê, mas ele não tem demonstrado interesse em ajudar na organização de tudo que é necessário para a chegada do nosso filho. Eu quero tirar CNH e fazer mestrado no ano que vem, mesmo com um bebê, mas ele não está fazendo nada. Na verdade, para mim, ter me casado gerou um dos maiores arrependimentos da minha vida nos últimos tempos. Será melhor continuar junto pelo bebê ou buscar meus objetivos longe do meu marido? Será que é comum o homem não ficar animado com a chegada de um filho?
– Tantas perguntas
– Cara tantas perguntas
A sua carta começou inofensiva, com uma dúvida pontual e… de repente virou um cataclisma. Acho que são duas coisas diferentes. A primeira é a falta de, digamos, entusiasmo do seu marido em relação ao bebê. Em parte, isso pode ser normal, já que você já está sentindo na pele (ou dentro dela) a existência do seu filho e ele, não. Ele pode estar se acostumando ainda com a ideia de virar pai – embora isso não o isente de participar da gravidez. Converse com ele e diga que seu filho já é uma realidade – e que você, sua mulher, que já existe e está na frente dele, precisa de muito mais companheirismo.
Mas aí vem a parte na qual você diz que se arrependeu de ter casado. E, para isso, infelizmente, só existe um conselho. Não, não é melhor você ficar junto com uma pessoa por causa de um filho. É melhor você ir atrás da sua felicidade e ter espaço para conquistar seus sonhos. Seu marido vai participar para sempre da sua vida porque vocês agora terão um bebê – mas ele não precisa ser o seu projeto de vida. O outro conselho nesse quesito, porém, é que você só tome iniciativa se tiver certeza do que está sentindo, porque os próximos meses já serão de reviravolta profunda. Mas, lembre-se, você não deve ficar casada com ninguém se não quiser.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Super impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.