Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Turma do Fundão Por Blog Grupo de leitores-colaboradores da ME que ajuda a revista sugerindo pautas e alimentando este blog cultural

14 coisas que descobrimos na Brasil Game Show 2016

Por turma-do-fundao Atualizado em 4 jul 2018, 20h33 - Publicado em 6 set 2016, 19h48

Arthur_Munhoz Caroline_Walkinir Erick_Cecilio
Filipe_Muliterno Gabriel_Aniceto Joao_Paulo_Marques
Samuel_Guterman Victoria_Gallagher

playstation

Aconteceu entre os dias 1º e 5 de setembro em São Paulo a Brasil Game Show, tradicional feira do setor de games que reúne estúdios, distribuidoras e empresas relacionadas para falar desse setor que só cresce no país.

Com a mudança de local do Expo Center Norte para a São Paulo Expo, na Imigrantes (o mesmo local onde é localizada a Comic Con Experience), o tamanho do evento aumentou… e sua qualidade não foi diferente!

Os estandes estavam bem maiores do que nos outros anos e havia uma variedade maior de games e mais espaços para testá-los. Isso diminuiu consideravelmente o tamanho das filas, mas, ainda assim, elas estavam absurdas, com entre 20 e 40 minutos de espera. A demora (e a expectativa maior), como em todos os anos anteriores, estava no estande do PlayStation.

Nós, da Turma do Fundão, estivemos lá durante a feira para conferir tudo o que rolou. Confira as coisas mais legais que nós vimos nesses 5 dias de festa.

1) Havia youtubers por todos os lados

youtuber 2 youtuber 3

Nilce e Leon (Coisa de Nerd), Rato Borrachudo, Rezende, Authentic, Mederi, Felps, Zangado e Leonardo (Canal 5 Alguma Coisa) são alguns dos diversos youtubers convidados que estiveram presentes na feira e participaram das atividades.

No estande do XBox, o Rato Borrachudo duelava contra fãs e convidados e quem perdia caía em um buraco preparado pela equipe. Já no estande do YouTube, os youtubers promoviam brincadeiras e conversas com os fãs que se aglomeravam em frente ao pequeno mezanino.

Alguns outros youtubers que não têm canais diretamente relacionados a games também marcaram presença, como Milho Wonka, Felipe Castanhari (Canal Nostalgia), Cauê Moura e Bam Bam – esses dois últimos foram convidados pelo YouTube para conversar e entrar em contato com seus fãs, que os receberam da melhor forma possível.

A BGS ainda promoveu Meet And Greet com alguns youtubers e artistas como Mateiformiga, Deegalvao, Montalvão, Diniz, Cross, 7 Minutoz, Canal Inutilismo, Bibi Tatto, Baixamemoria e outros. Neste espaço, o fã tinha chance de um contato um pouco mais próximo com seu ídolo.

Em entrevista concedida à TdF, a youtuber Malena, uma das gamers mais conceituadas da web, disse que ir à feira é revigorante e que o que ela mais “leva” da BGS é a energia da galera. Em relação ao endereço da feira, que mudou de lugar em 2016, ela diz que houve uma melhora perceptível e acredita que ficou mais organizado e espaçoso – só lamentou não conseguir aproveitar tanto devido à sua agenda.

Em outra entrevista concedida à TdF, o youtuber Gustavo, do canal Gustovow, jogador de Clash Royale e Pokémon Go, descreveu a feira como uma loucura, uma oportunidade única de encontrar inscritos. Ele disse que suas expectativas estavam muito altas e foram totalmente alcançadas, e que o que mais o surpreendeu foi o carinho dos fãs.

Já Cauê, do canal Baixa Memória, revelou estar pensando em gravar com os óculos de realidade virtual, trazendo uma experiência nova e divertida.

2) Batman Arkham VR promete muito

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=1rvL_liA62s?feature=oembed&w=500&h=281%5D

O jogo do Batman em realidade virtual foi simplesmente um dos mais disputados da feira. Poucos foram os que conseguiram tirar um gostinho do demo da Warner Bros. Games – mas, por sorte, conseguimos!

A proposta do game é fazer o jogador encarnar o Batman (o que já é incrível, convenhamos), e sair fazendo justiça por Gotham. Os cenários são riquíssimos em detalhes e a prévia permite que você tenha uma visão completa da Batcaverna enquanto desce por um vertiginoso elevador para pegar seus equipamentos e se encaminhar para uma missão (que não estava incluída no teste).

Como é realidade virtual, a mecânica é simples, mas o VR em si injeta a dose de novidade que o jogo precisa. Os controles são intuitivos, embora algumas coisas, como precisar olhar para seu cinto de utilidades para pegar a arma em vez de simplesmente puxá-la (como faríamos naturalmente), ainda precisem de ajustes, principalmente durante uma luta.

3) O Just Dance continua no topo!

just dance 2
just dance 4

Assim como em anos anteriores, havia uma pista de Just Dance para o público testar as novas músicas e se jogar na coreografia. As músicas da edição 2017 incluem ritmos para todos os gostos, contando até com Hatsune Miku na playlist! Os gráficos trazem cores mais vivas e coreografias mais elaboradas, mesmo para as danças mais fáceis. Ninguém conseguia passar pelo estande do game sem dançar, mostrando que a Ubisoft acertou em cheio mais uma vez.

Luciana Araújo, gerente de marketing da Ubisoft Brasil, nos recebeu no estande. Ao ser perguntada sobre a resposta do público ao Just Dance Brasil 2017, ela disse que está sendo ótima. “Esse ano temos como novidade três musicas brasileiras”, ela ressaltou. São elas: “Bang”, da Anitta, “Te Dominar”, da Daya Luz (uma dançarina lançada na carreira musical pela Ubisoft) e a terceira é um samba, uma música de carnaval. Segundo Luciana, o Brasil é o segundo país com mais jogadores, ficando atrás somente dos EUA.

Just Dance 2017 será lançando no dia 25 de outubro. O legal é que já é possível testar gratuitamente o jogo por meio dos consoles Playstation 4 e Xbox One com a música “Sorry”, de Justin Bieber.

Com a presença de Diego dos Santos, também conhecido como Diegho San, assistimos ao terceiro campeonato mundial de Just Dance, cujo finalista irá para a final, que acontecerá em Paris, em fevereiro do ano que vem.

4) A Ubisoft mandou bem

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=8SJUPaPrBUA?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Além de jogar Just Dance, o estande da Ubisoft também permitia experimentar o game Steep, que será lançado em dezembro deste ano e foi considerado o melhor jogo de esporte da Gamescom, que ocorreu na Alemanha no mês de agosto.

Nesse game, você pratica esportes radicais como ski, snowboard, parapente e voo de wingsuit em montanhas nevadas e pode ver suas peripécias de vários ângulos, incluindo um modo em primeira pessoa chamado de “GoPro view”. Foi possível também jogar uma demo de For Honor, que tem lançamento previsto para fevereiro e terá jogabilidade multiplayer.

Segundo Luciana Araújo, a gerente de marketing, as apostas do estúdio para 2017 estão em Watch Dogs 2, que está sendo considerado maior e melhor que o primeiro.

5) Os cosplays estavam incríveis

cosplay 7
changemermaid cosplay 5

A cada esquina e em todo canto, você encontrava os cosplayers. Havia de todos os tipos e em todas as versões – você podia encontrar o Baymax se oferecendo para ser seu agente pessoal de saúde, ou o Deadpool roubando seu celular para tirar uma selfie, além de esbarrar com a Arlequina e o Coringa na fila de entrada, e também o Ratchet (de Ratchet & Clank).

Os cosplays enchiam os olhos de encanto, e o mais incrível é que qualquer um podia estar fantasiado, desde os mais velhos até as crianças. Aliás, a garotada aproveitou a feira para esbanjar fofura, e quanta fofura! Um baby Mario e um mini Ash foram destaques, mas a elaborada roupa da Change Marmaid e o acessório reluzente do Ryu (Street Fighter) nos impressionaram bastante.

6) A última versão do Oculus Rift é o futuro!

oculus 1

Os óculos de realidade virtual ainda são uma realidade meio distante, seja pela tecnologia, que às vezes resulta em experiências simples demais, seja pelo valor cobrado por esses periféricos, ainda muito alto.

Continua após a publicidade

A questão tecnológica parece ter sido resolvida quase que por completo pela Nvidia, que estava na BGS. O Oculus Rift oferece uma experiência incrível de imersão! Durante os testes, pudemos jogar um simulador de esportes, e a sensação era a de estar presente dentro das partidas. Não notamos nenhum detalhe que realmente nos tirasse a imersão, nenhum delay, queda de quadros ou imprecisão no giroscópio.

Os controles, por mais que limitados pelo espaço e pelo jogo, responderam muito bem. Até o peso do periférico parece estar dentro do aceitável, já que, em nenhum momento, a nossa movimentação ficou limitada. É quase impossível não ficar empolgado com o futuro dos games após usar o Oculus – esse é o mais próximo de uma realidade virtual perfeita que já experimentamos.

Ah, e vale dizer: em parceria com a BBTV, o estande da NVidia recebeu dois youtubers do canal Controle 2, que gravaram lives durante o evento.

7) Havia muito para ver no estande do Xbox

xbox 1

O Xbox estava presente na BGS com um estande de mais 1000 m² e mais de 120 estações de jogo, cheias de lançamentos de games que ainda chegarão ao Brasil. O estande atraiu, durante toda a feira, a atenção dos visitantes. O tão esperado Gears of War 4 estava lá em primeira mão com o modo “horda”, que, segundo Willen Puccinelli, diretor da Xbox Brasil, foi uma exclusividade apenas para os jogadores presentes na BGS.

Os visitantes também puderam conferir Forza 3, que inovou em circuitos, Dead Rising 4 e a nova franquia Recore, tudo em primeira mão para a BGS. E ainda houve o lançamento de Minecraft: Story Mode, ou seja, um modo História para o famoso game de construção.

Nesse modo, cada escolha terá suas consequências e, mudando completamente a trajetória do jogo. Dessa forma, cada jogador terá uma experiência diferente da dos outros. Para completar, durante a feira inteira rolou um campeonato de Killer Instinct com direto a uma semifinal em família – irmão contra irmão.

8) Mal podemos esperar por Horizon: Zero Dawn

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=kUZJU439ikQ?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Um projeto guardado a sete chaves pela Sony, bem como provavelmente um de seus trabalhos mais promissores, este game é a novidade pelo qual todos estavam esperando. O lançamento está marcado para 28 de fevereiro, mas pudemos conferir uma prévia na BGS.

No trecho que jogamos, não descobrimos muito sobre a história dos personagens, embora possamos provar do mundo aberto — impecável — e descobrir um pouquinho mais sobre a capacidade de Aloy, nossa protagonista, que contará com diferentes tipos de armas e roupas para evitar dano, construídas com partes dos robôs inimigos derrotados.

A origem da personagem, no entanto, ainda é um mistério, mas sentimos que nossas expectativas serão mais do que alcançadas. Que 2017 chegue logo!

9) Brad Auty é um cara gente fina

A TdF teve o prazer de falar com o animador do jogo Gwent, Brad Auty. Ele se disse muito feliz e animado com o feedback que os jogadores brasileiros estavam tendo ao jogar o game e visitar o stand. Além disso, ele reforçou a importância do feedback para os profissionais do setor, dizendo que podem ser feitos ajustes no jogo para que se conquiste mais jogadores.

O jogo ainda não está totalmente concluído, porém, segundo ele, estará disponível para ser jogado em XBox, Playstation e PC, além de oferecer as opções de single player e multiplayer.

10) 30 estudantes foram “confinados” para criar games

super max

Dez grupos de três estudantes foram confinados dentro de uma sala de vidro na BGS com um único objetivo: realizar um game em 48 horas. Os jogos deveriam usar como inspiração a nova minissérie da Globo, Supermax, que estreia dia 13 de setembro. Cada grupo criava um jogo. Depois que terminou, os visitantes da feira visitavam a casa de vidro e testavam todos os games. Ao sair, votavam no melhor.

Envolvendo mistérios, simulação e perseguição, os jogos já eram excelentes só por terem sido feitos em tão pouco tempo, mostrando que, para um jogo ser bom, o importante é ter talento! Depois da contagem dos votos, os vencedores iriam ganhar uma visita ao Projac, além de um drone.

Numa entrevista, uma das estudantes que estavam produzindo os games disse que os participantes só saíam da casa de vidro para comer, mal dormiam e nem aproveitavam a feira – em vez disso, ficavam observando o pavilhão pelas paredes de vidro, isolados. Haja concentração para isso!

11) O YouTube facilita a vida de quem quer mostrar seus gameplays

IMG_20160905_202102

O YouTube estava na feira lançando oficialmente a plataforma YouTube Gaming para desktops, tablets e aparelhos celular iOS e Android.

O app permite seguir, em vez de canais, jogos específicos que você gosta, o que aumenta a probabilidade de descobrir novos canais que façam conteúdo voltado para esses games. No desktop, você tem a possibilidade de, em apenas três passos, estar produzindo conteúdo ao vivo. Além disso, o aplicativo permite fazer a captura de gameplay e não somente gravar, mas também transmitir ao vivo.

Nesse estande, fomos atendidos por Alessandro Sassaroli, gerente de parcerias do Youtube Gaming para a América Latina.

12) A MTV lançou um programa em app

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=UA-jOEZSHNA?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Com um estande bem simples, a MTV estava lá para divulgar o MTV Legends of Gaming Brasil, em parceria com a EndemolShine Beyond Brasil. Trata-se de um reality show de competição entre youtubers em que o ganhador receberá R$ 50 mil e uma viagem para a Inglaterra. Os episódios passarão primeiro no app e só duas semanas depois entrarão no canal oficial no YouTube.

É a primeira vez que a MTV coproduz material 100% voltado para o MTV Play, aplicativo oficial do canal para Android e iOS. Além do torneio, o MTV Legends of Gaming Brasil trará conteúdo especializado sobre o universo dos games, como notícias e bastidores.

13) Final Fantasy XV vai ser absolutamente fantástico

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=HgpLwBroYRc?feature=oembed&w=500&h=281%5D

Final Fantasy XV foi eleito pelos que jogaram a demo como o melhor jogo em exposição. A franquia, muito famosa por conter qualidades visuais revolucionárias, não decepcionou. Os gráficos eram surpreendentes, as cut scenes mais ainda e a trilha sonora estava impecável.

E, como o mundo dos games evolui e a produção do jogo sabe muito bem disso, chega de batalha por turnos, como era nos jogos antigos da franquia. Agora o combate é frenético, ou seja, em tempo real, com muito “hack and slash”. O jogo é em mundo aberto e os seus companheiros te acompanham aonde você for. Eu [Erik] não parei de admirar a beleza do jogo na hora do combate e confesso que soltei aquele “UOWL” no meio do gameplay.

O produtor do game, Shinji Hashimoto, divulgou um trailer inédito com exclusividade para a BGS demonstrando com imagens da série em anime Brotherhood: Final Fantasy XV(isso mesmo, um anime do jogo!), que vai ser um prelúdio em cinco curtos episódios para aumentar ainda mais o hype. Também foram exibidas pequenas cenas INCRÍVEIS do filme que vai contar histórias paralelas ao jogo.

Final Fantasy XV vai ser lançado mundialmente no dia 29 de novembro desse ano para Xbox One e Playstation 4 e já é pré-candidato a game do ano.

14) Estava tudo caro

compras 7

Bonecos de ação, cadernos, acessórios, cofres secretos e até um sofá – nas lojas da BGS, tinha de tudo! Eram produtos inéditos e alguns imperdíveis. O que não ajudou nem um pouco foi o preço alto, algo que está virando “tradição” em eventos de cultura nerd no Brasil.

Mas valeu a pena passear pelas lojas e apreciar os produtos, mesmo saindo sem nada.

14233375_251831151883802_2027774811_o

Continua após a publicidade

Publicidade