Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Turma do Fundão Por Blog Grupo de leitores-colaboradores da ME que ajuda a revista sugerindo pautas e alimentando este blog cultural

TdF Conferiu – As 21 coisas mais legais da Brasil Game Show

Por turma-do-fundao Atualizado em 4 jul 2018, 20h35 - Publicado em 6 nov 2013, 15h01

Gabriel GarciaGustavo BiroliniVictor Francesco

brasilgameshow

Entre os dias 25 e 29 de outubro, aconteceu em São Paulo a sexta edição da Brasil Game Show, maior feira de games da América Latina. Com mais de 150 mil visitantes presentes ao longo dos quatro dias, a feira trouxe mais de 100 lançamentos de empresas diversas, presença de produtores internacionais, campeonato de League of Legends, estandes com demos jogáveis de games inéditos e muito mais.

A ME, que é fanática por games, marcou presença por meio da Turma do Fundão. Gastamos a sola do tênis nos corredores da BGS e contamos que vimos de melhor por lá.

1. O Xbox One é de arrepiar

bg01_xboxone

O novo membro da família Xbox foi melhorado em todos os aspectos. O controle está mais confortável, o Kinect está mais preciso e a qualidade gráfica talvez seja a melhor da nova geração de consoles. Além disso, o lançamento, no dia 22 de novembro, será acompanhado de jogos de franquias de peso como Forza Motorsport 5 e Dead Rising 3 – ambos dublados e legendados em português. Testamos o console e garantimos: ele é tudo que você espera.

2. O PS4 é ótimo, apesar do preço salgado

bg02_ps4

A Sony largou na frente ao anunciar que seu console não exigiria estar online para jogar e permitira rodar usados (dois aspectos que obrigaram a Microsoft a voltar atrás em relação ao Xbox One). Mas, agora, está na berlinda com o altíssimo preço que será cobrado no Brasil, de R$ 4 mil. No que interessa, porém, o console não decepciona: o controle foi melhorado, os gráficos estão além do esperado, a fluidez está inimaginável e o tempo de loading quase não existe.

3. Call of Duty: Ghosts vai garantir a série no topo

bgs03_callofduty

Quem disse que CoD é igual todo ano? A Infinity Ward, desenvolvedora do jogo, veio mostrar que isso é mentira. Com gráficos melhorados, jogabilidade alterada e a mesma diversão de sempre, ele prova ser capaz de continuar no poder como melhor First Person Shooter de todos.

4. Mas Battlefield 4 está à altura

bgs04_battlefield

O novo episódio da franquia Battlefield também estava disponível para jogar e, confessamos, ele é tudo que esperávamos. O game possui uma jogabilidade muito boa e gráficos incríveis – você vai precisar de um PC muito potente para rodá-los no máximo. A campanha tem enredo de filme e o multiplayer está caprichado: oito modos (incluindo o novo Obliteration), dez mapas e a possibilidade de destruir boa parte dos cenários, incluindo prédios e grandes construções, abrindo espaço para novas linhas de fogo.

5. Forza 5 é ótimo

O novo game exclusivo para Xbox One Forza Motorsport 5 foi um dos que pudemos testar na feira. É um perfeito exemplo do que podemos esperar da nova geração. Com gráficos excepcionais, a sensação é de que você está assistindo a um filme. Forza não só é muito realista como também muito divertido.

6. Assassin’s Creed IV: Black Flag teve um estande sensacional

bgs07_assassinscreed

O estande de Assasin’s Creed era um dos mais incríveis. Moldado como uma réplica da proa de um navio pirata, tinha cosplayers, um telão para que os visitantes pudessem jogar o game e mais duas TVs para testar o jogo no PS4. A produtora do game, Ambre Lizurey, distribuiu autógrafos.
Muito parecido com seu anterior, o quarto episódio da série dos assassinos conta com mudanças pouco significativas. Pilotar o navio agora é uma parte mais importante do jogo, e você pode desabilitar e saquear navios em vez de apenas destruí-los. Além disso, também precisa se preocupar em convocar e manter uma tripulação. O protagonista é Edward Kenway, um pirata vivendo na área do Caribe no começo do século 18 e lutando junto ao grande Barba Negra. Além disso, Edward é avô de Connor Kenway, protagonista do jogo Assassin’s Creed III.

7. Óculos Rift: o futuro da realidade virtual

bgs08_oculosrift

Disponibilizados pela Hyperkin, os óculos Rift são um aparelho de realidade virtual com duas telas LCD, uma para cada olho. Ao movimentar a cabeça, o personagem do game altera a visão de acordo com o seu movimento, o que torna a experiência muito real! A sensação de imersão é tão grande que você sente vertigem ao parar de usá-lo. Mesmo com os gráficos, que não ficam 100%, o aparelho é incrível. Infelizmente, só deve chegar ao mercado em 2015.

8. A Disney mostra suas armas

Com a mesma pegada de Skylanders, Disney Infinity vem para conquistar crianças e adultos. O jogo, um platformer em mundo aberto, conta com grande parte dos personagens da Casa do Mickey, como o capitão Jack Sparrow, o astronauta Buzz Lightyear e o cowboy Woody, entre outros. Para usar os personagens, é preciso comprar os bonecos correspondentes dos personagens para o jogo, além do próprio jogo. Diga adeus ao seu dinheiro.

9. Interesse no mercado brasileiro

Conversamos com Dominic Lee, presidente da Nurigo Games, uma empresa sul-coreana que está vindo para o mercado brasileiro. A Nurigo acredita que o Brasil é a melhor opção para se investir pelo potencial dos jogadores brasileiros. Em breve, irá lançar o BN1944, o único FPS free-to-play sobre a 2ª Guerra Mundial, o qual terá mapas contendo a participação brasileira no conflito – um lado que poucas pessoas conhecem. Fique atento às novidades no site da empresa.

10. Queremos muito jogar Watch Dogs 

bgs10_watchdogs

O tão esperado game, que foi adiado do final deste ano para o segundo trimestre de 2014, tinha uma das maiores filas da BGS e um estande fechado. O que havia lá era o vídeo de uma demo jogada por Colin Graham, animador do game. Sem poder fotografar ou filmar, os visitantes apenas puderam assistir a uma pequena parte do game, que se mostrou complexo e fantástico. Teremos que esperar até o ano que vem para ver o resultado final!

11. Just Dance ainda move as massas

Os jogos casuais continuam sendo o maior sucesso, e o Just Dance 4 foi um dos maiores astros da BGS. A novidade é uma música brasileira na nova edição, “Dançando”, cantada por Ivete Sangalo. Outros artistas como Rihanna, Flo Rida e Elvis Presley também estão presentes. Lançado em outubro, o game também terá versões para PS4 e Xbox One.

Continua após a publicidade

12. Kinect 2.0 só falta saber seu número de sapato

bgs12_kinect20

A nova versão do sensor de movimentos do Xbox estará muito mais interativa. Uma das novas adições: o Kinect vai “ouvir” o ambiente. Isso significa que um barulho no seu quarto pode alertar os zumbis e seus gritos de incentivo podem fortalecer seu exército. Além disso, o Kinect 2.0 será tão preciso que poderá monitorar as batidas de seu coração. Você vai ter que controlar suas emoções ao jogar videogame!

13. O PS Move está firme e forte

bgs13_psmove

O PS Move nunca emplacou realmente, ficando à sombra do Wii. Mas a Sony parece continuar acreditando no produto, tornando-o compatível com o PS4 (diferentemente dos antigos jogos e consoles e da maioria dos periféricos do PS3). A nova PS Eye será dual lens, capaz de gravar em 720p (HD) e em 60 FPS.

14. A série Fifa passou por um extreme makeover

bgs14_fifa

O Fifa 14 é uma grande evolução em relação ao anterior, tendo passado por uma completa reformulação. Os movimentos agora estão mais fluidos e a curva de aprendizagem foi incrementada, deixando o game mais fácil para iniciantes e mais complexo para aqueles que já são profissionais

15. Razer Edge Pro Gaming: um tablet pra games

bgs15_razer

Testamos o Razer Edge Pro, um produto que, segundo Victor Martins, gerente da Razer na América Latina, foi desenvolvido para ter diversas funções. O Edge funciona como tablet – acoplando-o ao teclado, você pode utilizá-lo como notebook e consegue jogar games pelo Windows. Suas configurações são capazes de rodar os principais games da atual geração, que rodam fluidamente no aparelho. Ainda não tem previsão de lançamento no Brasil.

16. Dying Light preencheu a cota zumbi

bgs16_dyinglight

Dying Light é um jogo em primeira pessoa que se passa durante um apocalipse zumbi. Com um mundo aberto para explorar, ele foca não somente a ação, mas também a estratégia. Além de escapar dos zumbis, você também precisa combater inimigos humanos e lutar por suprimentos. Um ciclo de noite e dia permitirá ações diferentes – os zumbis ficam mais rápidos à noite, por exemplo. O jogo é muito divertido e te dá a sensação de correr para salvar sua vida.

17. O Nvidia Shield é bem legal

bgs16_nvidiashield

O novo console portátil permite jogar games da plataforma Android, além de rodar via streaming os jogos do seu computador caseiro! Na BGS, tivemos dois aparelhos disponíveis para testarmos com jogos como Mad Max, GTA 3, Borderlands e muitos outros. É um console confortável, com uma tela bonita e grande. Tem uma aparência robusta, mas o design é bem confortável. E ainda pode ser usado como controle de videogame se ligado à sua TV.

18. Gran Turismo 6 é um marco do gênero de corrida

bgs18_granturismo

O stand da Sony contou com um grande espaço com simuladores de corrida que rodavam o Gran Turismo 6 – o jogo de PS3, com lançamento previsto para dezembro, rolava em 1080p. Quem testasse o jogo ganhava um pôster oficial e um boné com o título do game. Os simuladores são incríveis e muito fiéis à realidade, o que dificulta o game para os menos experientes. Afinal, você tem que se alternar entre brecar e acelerar com os pés e controlar o volante com a mão. O jogo está muito bonito e irá se destacar dentro do gênero na atual geração.

19. Batman – Arkham Origins mantém o nível da série

bgs19_batman

Mais um jogo em que o morcegão de Gotham sai espancando bandidos e planando cidade afora. Desenvolvido pela Warner Bros. em vez da Rocksteady, o game aposta em um gameplay quase idêntico ao dos anteriores, com poucas diferenças: o sistema de combate foi melhorado, por exemplo, e é possível chamar a Batwing para viajar rapidamente a áreas já visitadas. A história se passa antes de Arkham Asylum e apresenta um Batman mais novo e menos preparado para essa “linda” cidade que é Arkham.

20. Jogos casuais também marcaram presença

Não foram apenas games hardcore que pudemos jogar no evento – houve também vários games e minigames para os jogadores mais casuais. Um exemplo é o Tales Runner, que foi apresentado pela Nurigo Games. Outro que fez sucesso foi o Kogama, jogo em que você precisa passar por obstáculos. Aqueles que chegaram ao final ganharam brindes como adesivos, códigos e cabeças de papelão!

21. A ME estava lá!

bgs21_estandeME

A MUNDO ESTRANHO marcou presença na BGS com um estande próprio. Lá, era possível resolver um quiz muito divertido. Quem acertasse três perguntas levava duas revistas da marca para casa. Foi um sucesso! E aí, passou lá para pegar a sua?

Fotos: 1, 2, 3, 4, 18 e 19 – Brasil Game Show; 6, 7, 14, 15 e 17 – Gabriel Garcia; 10, 12, 13 e 16 – Divulgação; 21 – Mundo Estranho

Continua após a publicidade

Publicidade